O QUE DEVE FAZER SE O SEU FILHO TIVER SINTOMAS DE COVID-19?

EO 2020 Saúde Infantil
  • slider

Descubra quais os passos a seguir, caso as suas crianças tenham sintomas de Covid -19, segundo a Unicef.

Saiba como deve agir se as suas crianças apresentarem sintomas de Covid-19.

Se os sintomas se agravarem, procure atendimento médico, mas lembre-se de que os sintomas da Covid-19, como tosse ou febre, podem ser semelhantes aos da gripe ou de uma constipação comum – que são muito mais frequentes.

Siga as boas práticas de higiene respiratória e das mãos, como lavar as mãos regularmente, e mantenha as vacinas dos mais novos atualizadas – para que estejam protegidas contra outros vírus e bactérias que causam outras doenças.

Como em outras infeções respiratórias, como a gripe, procure atendimento o quanto antes se perceber o agravamento dos sintomas.

O que devo fazer se um membro da família apresentar sintomas?
Consulte um profissional de saúde rapidamente se os sintomas se agravarem. Informe o seu médico se tiver viajado para uma área onde o Covid-19 foi relatado ou se tiver tido um contato próximo com alguém que veio de uma dessas áreas e tenha apresentado sintomas respiratórios.

Não devo deixar os meus filhos irem à escola?
Se os mais pequenos apresentarem sintomas, procure atendimento médico e siga as instruções do profissional de saúde. Caso contrário, como em outras infeções respiratórias, como a gripe, mantenha a criança em repouso em casa enquanto estiver sintomático e evite ir a locais públicos, para evitar a disseminação para outras pessoas.

Se a criança não apresentar sintomas como febre ou tosse – e a menos que um aviso de saúde pública ou outro aviso relevante ou conselho oficial tenha sido emitido impedindo a ida à escola, é importante mantê-la na sala de aula. Em vez de manter as crianças fora da escola, ensine-lhes boas práticas de higiene respiratória e das mãos, na escola e em outros lugares, como lavar frequentemente as mãos (veja aqui); quando tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com um cotovelo fletido ou lenço de papel – que deve ser deitado em seguida num lixo com tampa –; não tocar nos olhos, na boca ou no nariz sem ter lavado as mãos adequadamente.