LISBOA É CAPITAL EUROPEIA VERDE 2020

EO 2020 Ambiente
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider

Já foi dado o pontapé de saída para a Lisboa Capital Verde Europeia 2020. As atividades agendadas são muitas e o desafio para este ano deixado na abertura oficial da iniciativa pelo vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, ambicioso: “ask how you can green your city”.

A bandeira nacional, em tamanho gigante e feita de materiais de plástico reciclável recolhidos nos oceanos, foi hasteada no Parque Eduardo VII, em Lisboa, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 12 de janeiro, perante uma plateia com as mais variadas idades, mas maioritariamente jovens.

A capital iniciou, assim, um caminho rumo à sustentabilidade, depois de receber da Comissão Europeia este galardão, justificado pela evolução que registou entre 2004 e 2017, em que reduziu em 46% o seu consumo de água e as emissões de dióxido de carbono (42% de 2002 a 2016). “Escolhe Evoluir” é o conceito adotado para este ano verde.

O testemunho foi passado pela cidade de Oslo, no Pavilhão Carlos Lopes, na promessa de uma maior evolução essencialmente no campo ambiental. As metas são exigentes – redução de 60% das emissões de CO2 em 2030 e neutralidade carbónica em 2050. Tudo por uma “economia verde”, como denominou o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres.

O programa de atividades, exposições, conferências é ambicioso como garantiu à Estrelas & Ouriços o vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Lisboa, José Sá Fernandes. Só em janeiro, foram plantadas 20 mil árvores, aguardando-se mais iniciativas a envolver famílias e escolas.

No Oceanário de Lisboa, por exemplo, pode apreciar uma instalação de arte audiovisual impressionante que proporciona uma experiência sensorial e imersiva, numa viagem ao fundo do mar de Portugal.

Destaque ainda para a grande Conferência dos Oceanos com o patrocínio da ONU, a decorrer a 6 de junho. No início deste mesmo mês, a Fundação Calouste Gulbenkian é palco da abertura da conferência da Comissão Europeia Green Week 2020.