CALDAS DA RAINHA PARA TODA A FAMÍLIA

EO 2020 Caldas da Rainha | Passeio
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider

“Vá de férias cá dentro” é o lema que mais temos ouvido, nos últimos tempos. Um convite para manter-se em segurança, desvendar os segredos de um País tão belo e valorizar Portugal e os seus encantos. Assim, preparamos um roteiro completo para visitar as Caldas da Rainha, nas suas próximas férias.

Caldas da Rainha é um concelho que vai da Serra de Aire e Candeeiros ao Mar do Atlântico. A convivência entre o campo e uma cidade de ambiente cosmopolita permite uma fruição da sua cultura, museus, parques e comércio local, de forma harmoniosa e muito requintada.

O centro histórico contempla nove museus, o Parque Dom Carlos I e a Mata da Rainha Dona Leonor são o ex-libris de um território onde a cultura da tradição cerâmica e do design assinalam a sua diferenciação.

A Praça da Fruta, mercado centenário a céu aberto desde 1883, proporciona aos seus visitantes mais de 50 bancas de vendedores de fruta e legumes frescos, diariamente na Praça da República, o coração da cidade.

PRAIAS
No encontro com o mar, a Lagoa de Óbidos, local idílico de praia e mar, é um recanto do País onde as aves migratórias nidificam todos os anos e a sua biodiversidade, no espelho de água, proporcionam momentos de lazer e recreio a muitos que a visitam.

As praias de Foz do Arelho, na Lagoa de Óbidos, receberam o Galardão de Ouro da Quercus 2020, pela qualidade da água. São praias seguras, ideias para os mais novos.

ONDE DORMIR?
Para pernoitar e descansar com toda a família, sugerimos o 19Tile Boutique House, Bordallo’s Prime Apartments, Sana Silver Coast, Casal da Eira Branca (Turismo Rural).

COMA DO BOM E DO MELHOR…
Na Casa Antero, no restaurante Maratona, no Solar dos Amigos, no Geo ou na Taberna do Manelvina, para amantes do churrasco de carne a rapsódia, até ao bife de touro.

DOÇARIA REGIONAL
As cavacas das Caldas, os beijinhos e as trouxas de ovos são alguns dos doces regionais. Em 2017, juntou-se à ‘ementa’, o pastel Bodallo. Estes doces podem ser encontrados em muitas pastelarias da cidade, nomeadamente, na Pastelaria Paris e Forno do Beco. Também na Mercearia Pena podemos encontrar os mais variados produtos regionais.

PRINCIPAIS ATRAÇÕES TURÍSTICAS
Nas Caldas da Rainha, há muito para descobrir, a cultura está espalhada pelas ruas e pelos museus. Pode começar por visitar a Loja da Fábrica Bordallo Pinheiro, passar pelo Museu José Malhoa, ou pelo Museu da Cerâmica e descobrir o Museu do Hospital Termal, que reza a lenda, ter sido mandado construir pela rainha D. Leonor, mulher de D. Manuel I, no século XV.

A cidade foi procurada pela rainha, que ao usufruir das competências terapêuticas das águas termais viu sarada uma ferida que há muito não cicatrizava, mesmo após os mais diversos tratamentos. Assim, esta decidiu construir um hospital, à volta do qual se formou a povoação que assim ficou conhecida como "Caldas da Rainha".

A fertilidade dos solos da região abriu caminho para novas e maiores culturas, sendo ainda hoje famosa a qualidade frutícola da zona, e Caldas da Rainha desenvolve-se graciosamente ao longo dos séculos, tendo em finais do século XIX e inícios do século XX, sido um dos locais de eleição da nobreza e aristocracia, que optavam pela qualidade do Hospital Termal alimentado por cinco nascentes.

AO AR LIVRE VAMOS “PIQUENICAR”
Para manter a segurança, respirar ar puro, pode fazer uma paragem na estrada entre a Foz do Arelho e São Martinho do Porto, onde encontra o local ideal para fazer um piquenique em família - o Parque D. Carlos I ou a Mata Rainha D. Leonor.

Aproveite para visitar a rota Bordaliana, com as figuras gigantes de Bordalo Pinheiro espalhadas pela cidade, a praia de Foz do Arelho, Praça da Fruta, Praça 25 de Abril, centro histórico, provar a doçaria regional (Pastelaria Machado, Forno do Beco ou Mercearia Pena), Gelataria Dominó (Gelados artesanais Italianos) e o Café Raízes, na Foz do Arelho.

O percurso mirante ao longo da falésia com uma vista excecional, também não pode deixar de espreitar.

Se gosta de desportos náuticos pode experimentar a Escola de Vela da Lagoa de Óbidos com caiaques, Catamaran e pranchas de windsurf para toda a família.

Descubra também a Capela de S. Sebastião, com visitas guiadas pelo Museu e a Igreja da Nossa Senhora do Pópulo.
Para ir até às Caldas da Rainha, pode optar por partir em família no seu carro, ou apanhar a Rodoviária do Oeste; Rápida Verde Lisboa (Campo Grande/ Caldas da Rainha a cada meia hora) ou a Rede Expresso, em Sete Rios.

CIDADE CRIATIVA DA UNESCO
Caldas da Rainha foi nomeada, em outubro de 2019, Cidade Criativa da Unesco pelo seu artesanato e artes populares.

Uma visita em cheio, a não perder, este verão!