ABRIR A PORTA DE CASA E… CAIR BORDA FORA!

EO 2016 AlentejoPasseio
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider

Que criança não gostaria de ser capitão da seu próprio barco? Mais, durante três dias poder dormir nele, atracar em ilhéus desertos e passear por terras alentejanas?

É essa a sugestão que deixamos para um fim-de-semana prolongado à espreita. Pegue nos mais novos e dirija-se à Amieira Marina, em Portel.

Passe o dia a velejar num barco-casa e durma lá também. Com o Guadiana mesmo à porta prepare-se para vistas deslumbrantes e um programa diferente e muito especial.

A caminho almoce no restaurante O Arado em Montemor-o-Novo. Um pequeno paraíso de casinhas azul e branco com o Alto Alentejo ao alcance, antes de seguir para a sua casa de fim-de-semana.

Aconselhamos uma paragem para abastecer a despensa para os próximos dias, não estando assim dependente do café e restaurante quando chega a hora das refeições. E também um baralho de cartas como entretenimento, já que a televisão serve apenas para DVD e a internet a bordo é extra. Que mais se podia desejar de um fim-de-semana em família?

Se chegar cedo aproveite para conhecer o seu barco, pousar as malas e ver o pôr-do-sol. Antes do jantar faça uma aula prática para no dia seguinte poder zarpar na sua embarcação e desfrutar de um pequeno-almoço no meio do rio.

A partir daqui o grande lago da albufeira de Alqueva é seu. Paragens na barragem do Alqueva, nas aldeias Luz, Estrela, Monsaraz ou Mourão são possibilidades. Deixamos um aviso: atracar é mais difícil do que parece porém a persistência vale a pena quando, antes de um almoço de churrasco no próprio barco-casa, a família se passeia por terras onde o tempo não passou.

Mas não se limite a navegar. Para os mais aventureiros há a oportunidade de fazer atividades aquáticas radicais como o stand up paddle, kayak e canoagem nos vales do rio Guadiana e Degebe.

E não terminamos aqui. Que tal um passeio a cavalo, ou até helicóptero? Depois pode jantar no restaurante da marina ou pedir que lhe levem a refeição à sua embarcação e acabar a noite com uma vista ímpar para o céu noturno a contemplar as estrelas.

No dia da partida, com o “seu” barco já longe, prolongue a visita um pouco mais e dirija-se ao castelo e fortificação medieval de Monsaraz. Sente-se no miradouro, sinta a brisa e os raios de sol e respire o ar puro com a certeza de repetir a experiência. De que é que está à espera?