EXPOSIÇÃO DE ARTE SOLIDÁRIA APOIA CRUZ VERMELHA

EO 2020 Exposição Online
  • slider
  • slider

Iniciativa da galeria Welcome to Art conta com mais de 40 artistas nacionais e pretende contribuir para a luta contra a covid-19 divulgando e enaltecendo, em paralelo, o trabalho de artistas portugueses.

Sob o mote “Em quarentena, 40 artistas, 40 obras, 40 formas de ajudar” a galeria lisboeta Welcome to Art, agora de portas temporariamente fechadas, pretende continuar a fazer chegar aos portugueses o melhor da arte nacional, mesmo através do universo online.

Num esforço que o seu fundador acredita ser um dever de todos os que possam organizar iniciativas do tipo, nesta fase atípica que se atravessa no mundo, consequente do impacto e plano de contingência para a covid-19, a exposição tem uma finalidade solidária. Com início a 14 de abril na página de Facebook da galeria, 10% do valor de cada obra vendida será entregue à Cruz Vermelha Portuguesa, instituição que tem assumido um papel fundamental na luta contra a pandemia.

Num período em que cada vez mais pessoas estão em confinamento, passando mais tempo em sua casa e, inevitavelmente, tendo novas ideias de decoração e reformulação do espaço onde se querem sentir também cada vez melhores, a Welcome to Art avança com a sua primeira exposição online que, desde o seu desenho, teve como critério incontornável uma coleção 100% composta por obras de artistas nacionais. Para além do apoio financeiro direto ao combate ao vírus, através da Cruz Vermelha, no âmbito da sua iniciativa “Eu Ajudo Quem Ajuda”, existe também uma missão subjacente de apoio à cultura nacional através dos seus pintores, escultores e vários outros, que também deixam de ter, neste momento, onde expor o seu trabalho. A seleção cuidadosa conta, por isso mesmo, com o inigualável estilo da obra de João Cutileiro, os tons de azul icónicos de Paulo Ossião, o abstracionismo e ficção lírica de Alfredo Luz ou a pintura emotiva de Diogo Navarro. “40 artistas, 40 obras, 40 formas de ajudar”, dá muito mais do que 40 razões e oportunidades ao público de contribuir, através das suas próprias casas, mesmo quando essa contribuição é tão simples quanto um apoio à iniciativa, através de comentários ou partilhas da mesma nas redes sociais.

“Todos podemos fazer algo. Essa é a premissa em que acreditamos na Welcome to Art. E esta é a nossa forma de agir, mesmo num contexto que nos é menos familiar como a organização de uma exposição do tipo apenas através de canais digitais. Haverá quem queira comprar as peças e obras que expomos, quem queira partilhar a iniciativa fazendo com que a mesma chegue a cada vez mais pessoas, ou quem descubra artistas nacionais que não conhecia ou com cujo trabalho não estava familiarizado. E cada uma dessas ações é um tipo de ajuda válido e ao alcance de qualquer um. Fazermos a nossa parte, nos dias de hoje, é ficarmos em casa se essa for, efetivamente, uma possibilidade nas nossas vidas. Mas é percebermos também como, mesmo através de casa, podemos ser úteis à sociedade nos seus vários setores. A cultura é o nosso, e é por isso que é aqui que nos movemos”, explica José Manoel Pereira, curador da exposição.

Visite aqui.