SÁBADOS DE JULHO EM FAMÍLIA NA CINEMATECA JÚNIOR

EO 2022 LisboaCinema2, 9, 16, 23, 30 Jul.: 15hM/6
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider

Em julho mostram-se filmes com olhares muito especiais sobre as criaturas que partilham a terra com os humanos, mais propriamente os habitantes dos ares e dos mares.

No primeiro e no terceiro sábado do mês a Cinemateca Júnior traz dois documentários de Jacques Perrin, ator francês que foi produtor, realizador e um grande apreciador e defensor da natureza. O primeiro é dedicado às "Aves Migratórias" e o segundo aos "Oceanos".

Pelo meio, há três filmes de ficção que contam o papel essencial dos reinos do ar e do mar. Para começar "Voando para Casa", onde os gansos selvagens e as suas migrações entram de rompante na vida de uma rapariga e do seu pai.

Depois, "Até Amanhã, Mário" monstra um rapaz da ilha da Madeira que deseja ser pescador de baleias.

Por fim, em "Ponyo à Beira-Mar" surge a história de uma grande amizade entre uma «menina do mar» e um rapaz da terra.

Programa

Aves Migratórias | M/6
Este documentário segue as rotas migratórias das aves e coloca os espectadores a voar com elas, recorrendo a uma variedade de formas engenhosas de obter imagens muito próximas das aves em voo e das paisagens que estas atravessam.
2 jul.: 15h

Voando para Casa | M/6
Depois de perder a mãe, Amy vai viver com o pai, de quem mal se lembra. Este é um excêntrico artista-inventor que vive numa quinta num país do ouro lado do mundo. Enquanto luta para se adaptar à sua nova vida, Amy descobre um ninho abandonado, e um bando de pequenos gansos selvagens sai do ovo e “adopta-a” como mãe. Amy dá tudo por tudo para cuidar das aves sem as aprisionar, e quer devolvê-las à natureza. Mas para os ensinar a voar e conduzi-los na longa migração para o sul, vai precisar da ajuda do pai e dos novos amigos.
9 jul.: 15h

Oceanos | M/6
Um documentário/ drama que transporta até ao fundo dos sete mares. Mais que aprender factos sobre este universo, que nos é tão próximo e tão alheio, tão poderoso e tão ameaçado, esta longa-metragem pretende criar uma conivência ou intimidade com as criaturas e mostrar a majestade do mundo selvagem.
16 jul.: 15h

Até Amanhã, Mário | M/12
Límpido e fluído, este filme conta a história de um menino que quer ser pescador de baleias e sobre a arte de sobreviver entre os mais desfavorecidos.
23 jul.: 15h

Ponyo à Beira-Mar | M/6
Considerado uma das obras-primas do cinema de animação japonês contemporâneo, este "Ponyo à Beira-Mar" é uma adaptação de um conto de Andersen, que já inspirara "A Pequena Sereia" dos estúdios Disney. Ponyo é uma pequena e estranha sereia que deseja ser humana e conta com a ajuda de um amigo.
30 jul.: 15h

Mais informações: Email