DAR AS BOAS VINDAS AO SEU GATO

EO 2017 Animais de Companhia | Fonte: Purina
  • slider

Com o seu novo gato quase a chegar a casa, deve estar muito entusiasmado. Nestes últimos dias antes desta chegada, há várias coisas que o manterão ocupado até ao dia em que o seu novo gato chegar a casa.

Quer traga para casa um gato adulto ou um gatinho pequenino, as necessidades serão semelhantes, em especial na parte administrativa das coisas. Aqui estão alguns temas que deve tratar antes da sua chegada:

- Se ainda não tem um médico veterinário, pergunte a donos de gatos da sua zona se têm alguma recomendação, e registe de imediato o seu novo gato. Ficará mais tranquilo por saber que ele já tem a sua ficha, no caso de ficar doente ou precisar de ser esterilizado.
- Informe-se sobre seguros de saúde que possam cobrir alguma despesa veterinária inesperada.
- Garanta que o seu novo gato ou gatinho fica permanentemente identificado com um microchip, no caso de se perder.

Depois de tratadas as questões administrativas, é tempo de alguma diversão - vá às compras! Vai precisar de uma transportadora segura; de dois comedouros – um para a alimentação e outro para a água; uma caixa para o litter; uma cama para gato – muitos preferem as camas tipo iglo para se sentirem seguros, ou uma que esteja elevada em relação ao chão; equipamentos de grooming, em especial se tiverem pelo longo.

Vai necessitar ainda de um poste arranhador de casca de árvore ou envolto em corda - arranhar ajuda a manter as unhas do seu gato em boa condição e um poste adequado deverá distraí-lo dos seus móveis e tapetes; de um conjunto de brinquedos (os seus jogos preferidos serão os que o envolvem a si, como brinquedos de peluche para perseguirem e caçarem); e de alimento.

A chegada a casa

O grande dia chegou! Apesar da sua excitação, tente manter-se calmo para permitir ao seu novo gato ambientar-se sem ter medo. Há algumas dicas para o ajudar nos primeiros dias a receber um gato:

- Garanta que consegue dedicar tempo ao seu gato, quando estiver a ambientar-se à sua nova casa, e ajude-o a estabelecer uma rotina. Isto poderá significar organizar-se para trabalhar a partir de casa ou marcar alguns dias de férias para passar tempo de qualidade com o seu novo animal de companhia.

- Prepare a viagem para casa. Viajar de carro pode desorientar e enervar o seu gato. Por isso, utilize um spray calmante de feromonas na transportadora e coloque-a num espaço seguro no seu carro, ou junto dos seus pés e cubra-a com uma manta.

- Quando chegar a casa, pouse a transportadora no chão num quarto tranquilo, abra a porta e deixe-o explorar à sua vontade e ao seu ritmo.

- As crianças e os outros animais de companhia vão estar irrequietos para conhecer o novo membro da família, mas a sua excitação pode ser assustadora para ele. Supervisione-os até que o novo gato se habitue à sua casa. É sempre divertido escolher um nome para um novo animal de companhia. Assim que esteja decidido, utilize o nome sempre que interagir com ele para que o aprenda rapidamente.

- Toda esta excitação pode ser cansativa, especialmente para um gatinho pequeno e, rapidamente, quererá fazer uma sesta. Coloque a sua cama num local aconchegado, calmo e longe de correntes de ar para que ele consiga descansar.

- Alimente-o com pequenas quantidades ao longo do dia, uma vez que isto o ajudará a desenvolver uma relação próxima.

- Mantenha o seu novo gato dentro de casa, durante 2-3 semanas, para lhe dar tempo de o conhecer e de reconhecer todos os cheiros e sons diferentes do seu ambiente, bem como explorar todos os cantos da sua nova casa. Para um gatinho, espere até o médico veterinário lhe indicar que está preparado para explorar o mundo exterior.

- Quererá manter o seu gato seguro, por isso, assegure-se que não há portas ou janelas abertas, que lhe permitam fugir. Apenas deverá ir ao exterior quando ambos se sentirem preparados. Se não tem a certeza de quando isto será, fale com o seu médico veterinário, que o poderá aconselhar.

- Lembre-se que tudo será novo, desafiante e excitante para o novo membro da sua família, o que pode ser um pouco assustador. Esteja preparado para o facto de ele se afastar um pouco no início, mas rapidamente se deverá ambientar à sua nova casa e vida em família. Se não parecer sair da sua concha, fale com o seu médico veterinário.

- Se está adotar um gato abandonado, pergunte aos colaboradores do gatil quais as preferências do seu novo animal de companhia. Pode haver algo que possa oferecer-lhe que o ajude a sentir-se mais em casa.

O criador do seu gatinho e o seu médico veterinário estarão disponíveis para o ajudar e aconselhar a cuidar do seu novo gato, da sua saúde e de como o ambientar à sua nova casa. Tudo o que tem que fazer é desfrutar deste momento, conhecendo-o, brincando e divertindo-se com o seu novo amigo peludo.

Com o apoio: Purina