ALENTEJO, UM PASSEIO SEM PRESSAS NEM CORRERIAS

EO 2016 AlentejoMuseu
  • slider
  • slider

CONDIÇÕES ESPECIAIS
ESTRELAS e OURIÇOS

25% Desconto (Museu do Relógio)

Apresente esta página
Imprimir

Apresente esta página impressa para obter o desconto

O Alentejo é um verdadeiro refúgio para quem quer fugir da confusão dos grandes centros urbanos.

A tranquilidade da sua paisagem e os tesouros escondidos nas povoações de cal branca são argumentos mais que suficientes para nos pormos a caminho da grande planície de Portugal. O destino será Beja mas, primeiro, os relógios de Serpa estão à nossa espera. Nesta cidade do interior alentejano, o Museu do Relógio fará as delícias de todos, especialmente dos mais pequenos que ficarão fascinados com as peças mais antigas do tempo em que os relógios não eram a pilhas. Instalado no Convento do Mosteirinho, mais de 2.000 peças, todas mecânicas, datadas a partir do séc. XVII, preenchem dez salas do bonito edifício. Por lá vão encontrar exemplares de bolso, de pulso, de sala, entre outros. Uma das salas é inteiramente dedicada aos relógios portugueses.

Depois desta visita que terá entusiasmado a todos, vale a pena andar um pouco a pé pela zona antiga da cidade, apreciando, especialmente, as muralhas mandadas erigir pelo rei D. Dinis e que abarcam ainda grande parte da cidade.

Quando o calor começa a apertar no Alentejo, o melhor é procurar paragens mais frescas. E um dos locais frescos da zona é a barragem de Odivelas, perto de Cuba. O local perfeito para descansar e fazer um pic-nic enquanto o tempo não refresca. Para as crianças será um momento de liberdade e de contacto com a Natureza. Na lagoa dos Patos, por exemplo, podem ser vistas as maiores concentrações de patos de todo o Baixo Alentejo. Vale a pena fazer uma visita. Se dispõe de um barco ou de uma canoa, não hesite em levá-los consigo, para explorar bem todas as ilhas e recantos das barragens ou simplesmente, não faça nada e goze a sombra de um dos muitos sobreiros ou azinheiras aí existentes e faça jogos com os mais novos.

Ao fim do dia, siga para o Hotel Vila Galé Clube de Campo, em Beja. É um pequeno oásis, cheio de atividades para a família; desde o mini golfe ao paintball, dos jogos tradicionais portugueses até à pesca ou passeios de BTT.

No domingo de manhã, já que está em Beja, não deixe de levar as crianças ao Museu Rainha D. Leonor. Tem tanta coisa para ver... para os mais velhos, a não perder, a famosa tábua gótica do final do séc. XV, "Ecce Homo", ou a Virgem da Rosa, atribuída ao pintor português Francisco Campos.

Depois de uma manhã mais cultural, aproveite ao máximo no resto do dia o espaço do hotel e tire dele as energias suficientes para voltar à cidade.