OLÁ MICKEY! OLÁ PARIS!

EO 2017 Paris | Parque Temático
  • slider
  • slider
  • slider

Um passeio à Disneyland é o sonho de qualquer criança. Seja no Carnaval ou na Páscoa ou em qualquer altura do ano, a magia estará presente. E Paris, não é mesmo ali ao lado?

Não há criança que não deseje ir à Disneyland uma vez na vida. Um sonho que deixou de ser uma quimera desde que há mais de vinte anos abriu o parque temático nos arredores de Paris. Os voos e os pacotes turísticos estão hoje ao alcance de muito mais bolsas e quase que levam gratuitamente os mais pequenos ao parque mais cobiçado da Europa. Uma coisa é garantida: vale bem o esforço de juntar algumas poupanças, fazer as malas e partir para o mundo encantado de Walt Disney. A Disneyland de Paris é a materialização do universo do grande criador norte-americano e de tudo aquilo que os estúdios com o seu nome já criaram desde a sua morte. Por isso, uma viagem a este parque temático é, também, uma viagem no tempo a várias gerações de histórias e de filmes de animação que são intemporais. Por isso, pais e filhos sonham com o passeio à Disney. No parque, o que não falta são motivos para toda a família se divertir mas se os seus filhos ainda são pequenos, leve-os principalmente aos divertimentos dos contos de fadas e das histórias mais antigas da Disney. Nada como os clássicos da Branca de Neve, Bela Adormecida, Pinóquio ou Peter Pan para cativar as crianças e encher de nostalgia os adultos.

Claro que para os mais velhinhos as montanhas russas ou os estúdios Disney são a grande atração. Histórias e emoções mais recentes, num universo também cheio de emoção e aventura e muita adrenalina. Para que o álbum de recordações fique completo, só falta sugerir a estadia num dos hotéis do próprio parque porque assim a magia será completa.

Mas ir à Disney e não visitar Paris é como ir a Roma e não ver o Papa. Mesmo com crianças pequenas, pode-se adaptar a visita às suas idades e sempre fica a recordação de ter conhecido uma das cidades mais bonitas do mundo.

Claro que todos irão visitar e adorar a Torre Eiffel. Também não será difícil deixar os mais pequenos entusiasmados com uma visita à catedral de Notre-Dame, para conhecerem a casa de Quasimodo, o corcunda que se apaixonou pela bela Esmeralda. A brincar eles reconhecem os lugares históricos e vão revivendo as histórias de que gostam. Mostre-lhes as gárgulas, não se esqueça.

Junto ao Louvre, nos jardins das Tulherias, brinque com eles nos lagos. A cena vai fazer lembrar os livros da Anita.

Imperdível, também, para as crianças é a Cidade da Ciência e da Indústria, um museu no coração do Parc de la Villette. Pode-se ir de metro. É considerado o maior museu de ciência da Europa com exposições permanentes e temporárias. Os mais pequenos podem brincar numa cidade em ponto pequeno, visitarem um submarino ou entrarem para um borboletário. É imperdível.

Se ainda der tempo, dê uma volta pelo Sena num dos típicos bateaux aux mouches e visite um dos museus de cera Grévin. E com crianças não dá para mais. Depois é só esperar que elas cresçam e voltar um dia para ver tudo aquilo que não deu para ver desta vez… o Mickey, esse, estará sempre lá a acenar…

Boa viagem!