INDIEJÚNIOR 2018

EO 2018 Região de LisboaFestival de Cinema26 Abr. a 6 Mai., Sáb., Dom., Fer.M/33,5€ / 4€
  • slider

Longas e curtas, ficção ou documentário, animação clássica ou imagem real são os géneros com que se desenha a programação da secção infanto-juvenil do IndieLisboa.

Com uma programação que pretende estimular novas rotas e formas de formação estético-cultural, o “mini festival” integra 40 filmes pensados para as famílias e para as crianças.

Dividido entre sessões para escolas e sessões para famílias, o IndieJúnior apresenta sessões compostas por curtas metragens inéditas e recentes, provenientes de todo o mundo, programadas por idades: +3 anos, +6 anos, +9 anos e +12 anos. Estes filmes estão em competição e o público que visita o festival tem uma palavra a dizer no fim de cada sessão, votando nos filmes que gosta e contribuindo para a decisão do prémio do público.

Os filmes de animação, ficção e documentário, são escolhidos criteriosamente, de modo a corresponderem aos interesses, problemáticas e inspirações de cada faixa etária, com o objetivo de estabelecer uma relação de comunicação entre obra e espectador.

O objetivo das sessões para toda a família e amigos é quebrar barreiras e fronteiras, fazendo com que todos se divirtam e entendam os filmes, independentemente da idade. Os filmes programados para as sessões famílias, que acontecem aos fins-de-semana e feriados, irão divertir todos os espectadores. A sessão será composta, entre outros filmes, por: "The opposite day" (Fabian Friedrich), "Le loup boule" (Marion Jamault), "Threads" (Toril Kove), "Temptation" (v. a.), "Camino de agua para un pez" (Mercedes Marro), "Patchwork Dog" (Angela Steffen), "Voyagers" (v. a.), "Pinguin" (Julia Ocker) e "Moody Booty" (Kathrin Kuhnert).

Toda a família - TU CÁ TU LÁ | M/0
Uma sessão de curtas metragens única e irrepetível, que integra a curta Regresso às Aulas de Jacques Rozier, um dos Heróis Independentes homenageados nesta edição do IndieLisboa. O actor Pedro Cardoso estará em palco a emprestar a voz aos personagens endiabrados e fofinhos do grande ecrã. A sessão começa com a história de um lobo que está sempre cheio de fome e que um dia descobre um talento que o vai ajudar a encher a barriguita (O Lobo Redondo). Em O Náufrago, uma travessia de águas cheias de tubarões para chegar à prometida ilha paradisíaca! Em Mosca, três sapos cobiçam o apetitoso insecto, sem saberem que ele terá algo para lhes ensinar. Regresso às Aulas, uma aposta leva um miúdo a atirar a sua mochila ao rio. Para a recuperar, no entanto, tem de embarcar numa aventura que vai deixar o professor irritado. Já Rabiosque Bailarino é um filme sobre a luta interna que nunca se vence, mas na qual há muito a ganhar. Mais animais em Caranguejo, este com mais olhos que pinças, pois adora dar apertões em tudo até numa família de grandes morsas. A fechar, n'O Dia ao Contrário tudo entrará de pernas para o ar, isto é, invertido, contra-corrente. Ao contrário, portanto. Uma sessão para ver em família e passar logo de seguida para o Bailarico! - Uma matiné dançante de entrada livre. A não perder!
Culturgest | 5 mai.: 15h

Toda a família - QUOTIDIANO ANIMALÁRIO | M/0
A festa de final do ano inclui um pequeno teatro, onde as crianças dançam e cantam até que um imprevisto precipita o fim do espetáculo. Depois, um urso tenta roubar uma cesta de piquenique aos escuteiros. A seguir, sabe muito bem, numa fria tarde de inverno, estar numa piscina aquecida. E os animais da floresta do "Príncipe Ki-Ki-Do" descobrem diferentes funcionalidades para uma garrafa. A ovelha salta por entre várias aventuras perigosas, contra as recomendações do rebanho. Depois, ao tentar escapar de um caçador, um tigre acaba numa estação espacial. Um habitat urbano torna-se uma rede encantadora de ligações humanas. Por fim, um pinguim-mordomo quer que a festa corra às mil maravilhas.
Cinema São Jorge | 29 abr.: 14.30h, 1 mai.: 15h
Cinema Ideal | 6 mai.: 11h

HISTÓRIAS DO DIA E DA NOITE | M/3
A abrir a sessão, descobrimos que é muito difícil tentar estender umas "Meias Dançantes". De seguida, um filme português, "Flor de papel", um passarinho de papel acolhe um desenho de uma flor no seu ninho. A grande estrela dos palcos é o "Pavão", todos elogiam as suas penas, e elas querem (e merecem) um agradecimento. Em "O Senhor Noite Tira o Dia de Folga", imagem real e animação juntam-se para contar a história de um monstro com um toque, não de Midas, mas igualmente mágico e, neste caso, cómico. Adaptação de um livro de muito sucesso, "A Corujinha Perdida" não encontra a sua mamã, mas o amigo esquilo vai ajudá-la. "O Cão Salsicha" está sempre aflitinho para fazer chichi. "Flo" tem de aprender a partilhar o almoço. Depois, dois filmes e dois obstáciulos. "O Peixe Pescador" quer deitar-se mas não sabe como. "O Caminho de um Peixe para Chegar à Água" leva-nos à odisseia de Óscar, que terá de ultrapassar muitos desafios para salvar um peixe vermelho. "Os Bichos da Madeira" são criaturas engraçadas que se passeiam à noite pelo quarto. "O Piratinha" rema no seu barco e nada o fará parar.
Obs.: A sessão de 5 de maio será uma sessão descontraída.
Culturgest | 29 abr.: 16h
Cinema São Jorge | 5 mai.: 16h
Cinema Ideal | 6 mai.: 11.30h

ILHAS E OUTRAS GEOGRAFIAS | M/6
Na "História de Inverno" nem as malhas quentes aquecem os animais da floresta, mas o príncipe Ki-Ki-Do arranja sempre forma de resolver os problemas. "O Cozinheiro" tem uma luta hilariante com o seu crepe. Quem ganhará? "O Nariz de Gelo" apresenta Moço, que tem o nariz sempre cheio de ranhocas porque vive num sítio bem gelado. As "Ilhas Gémeas", o primeiro filme da sessão, são governadas por dois reis que seguem o culto da simetria. Quando ela falta, a aventura começa. A "Caça" mistura, entre outros, um coelho, um cão e um caçador míope e inofensivo. N'"O Apartamento de Sábado" cinco familiares mal aguentam os barulhos que vêm de outros andares. A "Ilha" é habitada por um monte de criaturas exóticas que andam sempre aos encontrões. E o "Corvo Branco" é gozado, no filme que fecha a sessão, pelo seu bando, composto de corvos negros. Mas como sempre nas histórias mais bonitas será ele a encontrar a solução para a poluição que os afecta a todos.
Culturgest | 2 mai.: 14.30h, 6 mai.: 16h

COISAS DA VIDA | M/10
Em "O Peixe Balão" mergulhamos numa escola de peixes que procuram salvar um que está a flutuar à superfície da água. O "Sapo e a Rapariga" adapta o conto tradicional português com duas actrizes de diferentes gerações: Rita Cabaço e Isabel Ruth. "Coisas e Maravilhas 2022" é uma divertida e desconcertante composição, feita pela vídeo-artista Anna Vasf a partir de objectos do dia-a-dia. Já em "A Grande História" de um Pequeno Traço, um menino encontra uma linha na calçada que começa a mover-se: está viva! Quando o gato se prepara para assustar o passarinho, a dona dá-lhe um raspanete. Mas quando o passarinho cai subitamente morto na gaiola tudo só piora – uma Gatástrofe. No final da sessão, o documentário português "Em Lugar Algum" explica os motivos que levam três irmãos de uma família circense a escolher, também eles, uma vida itinerante.
Cinema São Jorge | 5 mai.: 15h

EU PROGRAMO UM FESTIVAL DE CINEMA | M/12
Nesta edição do IndieJúnior, uma turma da Escola D. Filipa de Lencastre foi desafiada a programar uma sessão de cinema em conjunto com os programadores do festival. Uma oportunidade para ver os filmes que escolheram e conheceram o processo de decisão dos alunos. A presença destes alunos-programadores está garantida nas sessões para partilharem esta experiência maior. A animação "O Infinito numa Casca de Noz" aborda outra forma de olhar o mundo em poucas palavras, de uma semente à guerra, da carne ao amor, da indiferença ao apocalipse. Em "Como o Tommy Lemmenchick se Tornou o Herói da Escola", Ophelia, uma miúda de 12 anos, tem de resolver um problema muito irritante: nunca foi beijada. O documentário "Olá, Salaam" conta a história de Sil e Merlijn e da grande viagem que fizeram a um campo de refugiados na ilha grega de Lesbos. Ainda a história incrível e surreal de três amigos que trocaram de cabeças e foram forçados a adaptar-se às vidas uns dos outros. Afinal, "Perder a Cabeça" não é assim tão desagradável. "Fogo na Cidade de Cartão" é uma engenhosa paródia aos blockbusters americanos. Uma cidade feita inteiramente de cartão pega fogo. E agora? Chamam-se os bombeiros. Mas o que podem eles fazer? É ver para crer! Dois ladrões idiotas tentam roubar uma mercearia, mas onde nada corre como planeado. É hilariante a curta que fecha esta sessão, "Quase Assaltantes".
Cinema São Jorge | 1 mai.: 14.30h

Locais: Culturgest, Cinema São Jorge e Cinema Ideal

Conheça também as oficinas que decorrem em simultâneo com as sessões de cinema.

Mais informações: Site

Obs.: Existe bilhete família (4 pessoas), 12€. Também para escolas.