5 DICAS PARA UMA PARENTALIDADE DIGITAL SAUDÁVEL E SEGURA

EO 2019 Todo o PaísOnline
  • slider

Para pais que acham que as suas crianças passam muito tempo “agarrados” ao telemóvel, o Centro Internet Segura convida-o a descobrir cinco dicas que o vão ajudar a conhecer melhor o mundo digital das crianças.

A pensar no combate a proliferação de conteúdos ilegais, na promoção de uma utilização segura da Internet e na consciencialização da sociedade para os riscos associados à utilização da Internet, o centro Internet Segura tem vindo a apresentar recursos e ferramentas para apoiar os pais neste controlo do “mundo digital”, que hoje está muito presente na vida das crianças.

Para tal, apresentou um conjunto de cinco dicas:

Dica 1: Conhece o mundo digitas das crianças?
Os media digitais fazem parte do nosso quotidiano. Para melhor conhecer o mundo digital das crianças, já se perguntou sobre quais são os dispositivos digitais e os media que mais utilizam e em que contextos?

Para ficar a conhecer a atividade digital das suas crianças, faça um exercício durante um dia e tome nota:
- Das atividades que realizam online;
- Dos dispositivos e dos ambientes a que acedem;
- Dos dispositivos que utilizam (televisão, tablet smartphone portátil, consola de jogos, smart watch, etc;
- Das pessoas com quem fazem essas atividades;
- Onde é que utilizam esses dispositivos;
Depois deste exercício, no final do dia, vai ter informação que lhe vai permitir conhecer melhor o mundo digital das crianças.

Dica 2: Como é que pode ajudar as crianças a aprenderem e a crescerem no meio digital?

De certeza que já se interrogou sobre:
- O que é que eu quero para as crianças na sua interação com o mundo digital?
- Quais são as “necessidades digitais” das crianças?
- De que forma é que essas necessidades digitais são diferentes das minhas e dos meus hábitos?

Para o ajudar a responder a essas questões é importante:
Definir limites em equipa e encorajar as crianças a realizarem certas atividades ou a acederem a sites que sejam do seu interesse. Definir em conjunto as regras de utilização dos dispositivos, que podem ser sempre revistas à medida que as necessidades e interesses se alteram. Estabelecer limites consistentes e reais que ajudem as crianças a desenvolverem hábitos digitais saudáveis. (faça o download do “Contrato para a Utilização da Internet”, aqui.)

Ajudar as suas crianças a terem mais controlo online e a ganharem confiança na gestão das suas vidas online para fazerem as escolhas acertadas. Construir com as crianças uma relação de confiança, para que se sintam à vontade para falar, no caso de algo correr menos bem.

Dica 3: Partilhar, aprender e brincar em conjunto – ajudar as crianças a interagir

Dicas do Centro Internet Segura para uma atividade digital adequada e para ajudar as crianças a interagirem:
- Estabelecer ligações e falar com familiares utilizando os chats, tais como o Skype ou o WhatsApp;
-Procurar jogos interativos divertidos, que as crianças possam jogar sozinhas ou consigo, disponíveis nos canais televisivos com programação infantil ou online;
- Criar slideshows de fotografias, utilizando ferramentas como o Google Photos, e conversar sobre o que está em cada imagem. Conversar com as crianças acerca das pessoas com quem quer partilhar as fotos e a forma de as manter privadas;
- Jogar com aplicações (apps) que sejam apropriadas para a idade das crianças e que sejam divertidas. Encontram-se revisões e comentários úteis sobre as mesmas nos websites NationalLiteracyTrust ou em CommonSenseMedia;
- Utilizar versões gratuitas de apps tais como PuppetPals, Toontastic and ChatterPix Kids, para fazer histórias interativas e fotografias engraçadas;
- Utilizar o seu smartphone para criar com as crianças pequenos vídeos sobre qualquer tópico à vossa escolha. Por exemplo, uma simples ida ao supermercado poderá proporcionar o material necessário para fazer um filme divertido. A imaginação é o limite!

Dicas 4: Saiba Como Estar Online de Forma Segura e Saudável

Antes de se conectar e de fazer partilhas online reflita sobre:
- Com quem se conecta ou partilha online;
-  O seu perfil (e o perfil das crianças) e quais as definições de privacidade a utilizar.

É quase impossível remover as partilhas feitas online ou controlar quem as pode aceder. Então, o que pode fazer para ter um maior controlo? Conversar com as crianças acerca dos conteúdos que podem partilhar online e ajustar as definições de privacidade do perfil.

Esclareça as crianças sobre o consentimento dos dados pessoais:
-Na maioria das vezes os termos e condições são aceites sem serem lidos na sua totalidade. Converse com as crianças sobre o significado e em que consiste o consentimento da partilha de dados pessoais.
-Recorra a palavras e ideias simples e adequadas às idades, de maneira a que possam compreender e a ficar claro que não há problema em dizer “

Procure o equilíbrio:
-Mantenha um equilíbrio saudável, utilizando a tecnologia e o digital como um motivo para uma brincadeira não digital. Por exemplo, se as crianças estão muito tempo a ver vídeos da LEGO, sugira-lhes a construção em conjunto de algo que tenham visto online.

Dica 5: Estar Atualizado e Conhecer as Novidades do Mundo Digital
Alguma vez se perguntou sobre o que é que mudou desde a última vez que explorou o mundo digital das suas crianças?

Como pais e educadores é essencial que esteja a par das novidades mais recentes do mundo digital e que conheça de que forma é que as crianças as estão a utilizar, estando atento às diferentes oportunidades, ao mesmo tempo que minimiza os riscos.

Procure o apoio de outros pais e profissionais:

PAIS: da mesma forma que procura opiniões e estratégias para ajudar as suas crianças a usarem a casa de banho ou para lidar com as birras, procure os conselhos de pais em quem confie. Se não conseguir encontrar alguém de forma direta, procure comunidades que oferecem esse apoio Por exemplo, existem grupos dessa natureza nas redes sociais

PROFISSIONAIS: médicos ou técnicos de saúde também podem prestar apoio e ajuda para as suas preocupações ou dúvidas.

Para mais informações entre em contacto para a Linha Internet Segura e esclareça as suas questões sobre o uso da tecnologia.