NA HORA DO BANHO

EO 2021 Segurança | Fonte: Apsi - Associação Para a Promoção da Segurança Infantil
  • slider

Durante o banho a vigilância próxima é fundamental, mas pode falhar devido à grande atividade da criança.



A hora do banho é sempre muito divertida e esperada pela criança, que adora brincar na água e explorar o que a rodeia. Para além da presença constante de um adulto, é desejável tomar medidas complementares que reduzam a probabilidade de ocorrência de um acidente grave.

• Nunca deixe a criança sozinha no banho, nem à guarda de outras crianças, mesmo que seja só por alguns instantes. Retire e guarde as tampas do bidé e da banheira em locais altos, longe da vista e alcance da criança e esvazie a banheira assim que terminar o banho.

• Para evitar queimaduras, verifique a temperatura da água antes de começar o banho. Comece por deitar a água fria e só depois a quente. Prefira torneiras misturadoras ou termoestáticas e reduza a temperatura da água no esquentador ou termoacumulador.

• As quedas na banheira são frequentes: coloque um tapete ou faixas antiderrapantes para a criança não escorregar.

• Para evitar intoxicações, guarde os produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza em armários altos e fechados à chave. Não guarde os medicamentos na casa de banho.

• A utilização de aparelhos elétricos na casa de banho, onde a água está sempre próxima, pode provocar choques elétricos. Evite utilizar aquecedores portáteis ou outros aparelhos elétricos e seque o cabelo da criança no quarto.

• Brincar com água na casa de banho é uma atração natural para as crianças. Por isso, mantenha a porta sempre fechada. O afogamento é rápido e acontece em menos de um palmo de água.

Em caso de acidente, ligue de imediato 112. Faça um Curso de Primeiros Socorros. Em caso de acidente, a intervenção imediata e adequada pode fazer a diferença entre a vida e a morte!



Conteúdo da APSI - associação para a promoção da segurança infantil