COVID-19: GRÁVIDAS E RECÉM-MAMÃS

EO 2020 Saúde
  • slider

O COVID -19 é um vírus que pode causar uma infeção semelhante a uma gripe comum no ser humano, mas será que as mulheres grávidas podem transmitir aos bebés? E se acabou de ser mãe e tem sintomas, deve amamentar?

As mulheres grávidas podem transmitir o COVID-19 para os bebés?
No momento, não há evidências suficientes para determinar se o vírus é transmitido da mãe para o bebé, durante a gravidez ou o impacto potencial que isso pode ter na gestação. É uma questão que ainda está a ser investigada. As mulheres grávidas devem continuar a seguir as precauções apropriadas para se proteger da exposição ao vírus e procurar atendimento médico o quanto antes se tiverem sintomas como febre, tosse ou dificuldade em respirar.

É seguro para uma mãe amamentar se estiver infetada?
Todas as mães nas áreas afetadas e em risco que apresentarem sintomas de febre, tosse ou dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico o quanto antes e seguir as instruções de um profissional de saúde.

Considerando os benefícios da amamentação e o papel significativo do leite materno na transmissão de outros vírus respiratórios, a mãe pode continuar a amamentar, colocando em prática todas as precauções necessárias.

Para mães que apresentam sintomas, mas estão suficientemente bem para amamentar, isso inclui usar uma máscara quando estiver perto da criança (inclusive durante a amamentação), lavar as mãos antes e depois do contato com a criança (incluindo a amamentação) e limpar/desinfetar superfícies contaminadas – como deve ser feito em todos casos em que qualquer pessoa com Covid-19 confirmado ou suspeito interaja com outras pessoas, incluindo crianças.

Se a mãe estiver muito doente, ela deve ser incentivada a tirar o leite para que outra pessoa o dê à criança, através de um copo e/ou colher limpos.

Fonte: Unicef