GUIA PARA DONOS DE CÃES E GATOS A TRABALHAR EM CASA

EO 2021 Dicas de Segurança | Edgard & Cooper
slider

Numa altura em que se impõe o confinamento e o teletrabalho, isso pode significar um grande desafio para quem tem um animal de estimação em casa. Como enfrentar uma agenda cheia de compromissos e videochamadas enquanto o nosso animal de estimação, que adoramos, implora por atenção?

A boa notícia é que há uma solução saudável para ambos!

Com um planeamento estruturado, esta situação pode melhorar o relacionamento com o nosso melhor amigo de quatro patas. Estas dicas ajudam-nos a encontrar o equilíbrio entre as obrigações laborais e o nosso animal de estimação!

Estrutura é a chave!
Tanto cães como gatos adoram rotinas, pelo que fazer uma programação diária com horários fixos para as brincadeiras é fundamental. De manhã, por exemplo, uma longa caminhada no bairro com o nosso cão é um boost energético para os donos e fará o nosso animal de estimação gastar energias. Para quem tem um gato, planear algum tempo para brincar com ele antes do início do dia de trabalho é um bom hábito.

Quando iniciamos as tarefas laborais e o nosso animal de estimação começar a miar ou ganir pedindo atenção, o nosso conselho é que se seja rigoroso, ignorando o seu mau comportamento.

Os momentos de brincadeira estruturados são fundamentais para ajudar a estruturar o nosso dia e melhorar a obediência do nosso animal de estimação!



Um espaço de trabalho sem animais de estimação
Não é fácil manter a concentração quando se tem um animal a pedir atenção. Torna-se fácil distrairmo-nos com frequência e nem sempre o nosso animal de estimação distingue entre trabalho e diversão. Por este motivo, a Edgard & Copper aconselha que seja criado um espaço de trabalho onde não é permitido ao animal de estimação entrar. Criar regras ajuda-nos a manter a serenidade necessária ao longo do dia e clarifica os limites permitidos aos nossos animais de estimação.

É importante estar de olho no seu cão ou gato ao longo do dia? Sugerimos que ponha uma cerca entre a área de trabalho e a área de estar do animal de estimação.

Se o animal de estimação começar a choramingar quando o mandamos manter-se afastado, a ideia é não desistir. Uma regra importante em todas as situações: mostrar quem manda!


Bons momentos para donos e animais
Trabalhar a partir de casa facilita a organização do tempo com flexibilidade. Aproveitando esse luxo, podemos usar a hora de almoço para passar algum tempo de qualidade com o nosso animal de estimação. Passear o cão no campo ou parque mais próximo e deixá-lo explorar tudo o que lhe apetecer, pode ser um momento de relaxamento para o dono e de extrema alegria para os nossos patudos. Ou fazer alguns jogos de busca no jardim para exercitar o corpo e a mente!

Mas os nossos gatos também precisam de atenção!
Ficar dentro de casa todo o dia pode parecer uma verdadeira cruzada, mas é possível fazer o melhor pelo bem-estar de todos. Estas 5 atividades irão manter os nossos gatos felizes!

1. Conheça o cat-ata!
Os gatos gostam de agarrar as coisas que estão em cima deles. (já deve ter notado!)  Isso torna-se duplamente verdadeiro se houver guloseimas envolvidas! Então, por que não torná-los numa piñata…. ou melhor, um gato-ata? Use um recipiente de plástico, como um frasco de iogurte vazio. Faça um pequeno furo no fundo e coloque um punhado de saborosos biscoitos lá dentro. Pendure-o com um fio para que seu gato possa alcançá-lo. Apostamos que ele não vai parar antes que as guloseimas caiam. Saboroso e ... olá, novos músculos!

2. Comece com dois gatos
Enquanto um cão gosta de brincar com seu dono, é menos provável que um gato responda às solicitações do jogo. Se não consegue atraí-lo, o que fazer para que o seu gato faça os exercícios de que precisa? Duplique o problema! Gatos que se dão bem amam correr atrás e brincar uns com os outros, o que é uma verdadeira perda de calorias. Missão cumprida!

3. Suba um nível
Uma torre de gato dá ao seu gato muito espaço para brincar, pendurar, pular e escalar. Quanto mais andares e abrigos, mais desafiador e divertido. Esconda alguns biscoitos e deixe-o mostrar-lhe as suas habilidades de detetive. Notará também que o seu gato adora sentar-se no topo da torre, fazendo-se passar pelo rei da selva e de olho no que está à sua volta. Yupi!

4. Quão ágil é o seu gato
Um curso de assalto pode trazer muito exercício e diversão. É melhor começar facilmente e evoluir para tarefas mais desafiadoras. Aqui está uma ideia para começar: corte o fundo de um saco e vire-o de lado. Coloque uma guloseima em uma das pontas e incentive seu gato a passar por ele, como se fosse um túnel. Quer torná-lo um pouco mais emocionante? Use um arco em vez de um saco. Coloque uma guloseima ou brinquedo do outro lado e treine o seu gato a passar por ele. Com o tempo, pode continuar a mover o arco e a guloseima cada vez mais alto. Um teste ideal para ver se o seu gato é um valente!

5. O poder dos lasers
Gatos a perseguir lasers é um clássico da Internet. E por um bom motivo. Se gostar de provocar o seu gato, um apontador laser trará horas de entretenimento - para si e para o seu amigo felino.
Importante: os gatos devem estar satisfeitos com a sua caça. Isso significa que é importante que eles capturem e sintam a presa sob as suas patas. Em vez de deixar o ponto vermelho desaparecer, continue o jogo com um brinquedo tangível. Por exemplo, encoraje o seu gato a “apanhar” o raio laser parando a luz num brinquedo fofinho e deixando-o sentir que está “preso” firmemente sob as suas patas. E, claro, não deixe o raio brilhar diretamente nos olhos do seu gato!

É uma boa ideia brincar com o seu gato por cerca de 10 a 15 minutos a cada vez. Se ele não gostar, vai deixar isso claro. Talvez esteja mais com vontade de um pouco de amor e algo saboroso para desfrutar. Lembre-se de que estes jogos não são apenas para manter o seu gato em forma, eles também fortalecem o vínculo com o seu dono.

Pub
Pub