COMO GERIR A CHEGADA DE UM BEBÉ, TENDO UM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO EM CASA?

EO 2022 Opinião | Cátia Lopo & Sara Almeida, Psicólogas Clínicas
  • slider

A chegada de um bebé é um momento único que faz uma família viajar por entre sonhos, expectativas e anseios. Mas e se tiver um pet em casa?

Estes anseios podem ser mais expressivos quando em casa há um animal de estimação. Porque rapidamente pensamos, afinal como é que vamos conseguir explicar ao nosso animal tudo aquilo que é um bebé?

É importante lembrarmo-nos que, regra geral, os animais sentem muito bem as mudanças e necessidades de uma família. Afinal quantas vezes, não nos sentimos tristes e o nosso cão, por exemplo, se aninha em nós a confortar-nos?

Quando pensamos neste lado mais sensível dos animais, rapidamente, o nosso coração sossega e tudo flui mais facilmente.

Ainda assim, a chegada de um bebé a uma família com animais deve ter alguns cuidados:

- Antes do nascimento, faça uma consulta veterinária, assegurando a saúde do seu animal;

- Após o nascimento, dê espaço ao animal para integrar o novo membro da família, é natural que o animal se sinta à parte e que possa demorar alguns dias a adaptar-se;

- Crie momentos de sintonia entre o animal e o bebé, nos primeiros tempos é importante evitar o contacto direto, de qualquer forma, é possível criar momentos de sintonia, por exemplo, puxando o seu animal para junto de si enquanto tem o seu bebé ao colo;

- Mantenha os hábitos e rotinas do seu animal.

Lembre-se que será difícil antecipar a reação do seu animal ao seu bebé, no entanto, se se mantiver atento ao bebé e ao animal a magia entre os dois pode acontecer e pode criar-se uma relação feliz e estimulante. Desfrute dessa relação, mantendo-se, numa primeira fase, como o mediador de toda a relação, assegurando o conforto, a segurança e o bem-estar de ambos.

Cátia Lopo & Sara Almeida, Psicólogas Clínicas

Mais informações: Escola do Sentir