BRITISH COUNCIL DÁ DICAS PARA PRATICAR O INGLÊS ESTE VERÃO

EO 2020 Educação | Fonte: British Council
  • slider

Da sessão de cinema à leitura na língua mãe até ao salto a Londres (sem sair de casa): tudo o que os miúdos podem fazer para treinar o inglês.

O British Council tem dicas para manter os miúdos, de todas as idades e níveis, entretidos – e a praticar o inglês.

Dos filmes animados às curtas-metragens em streaming com atores famosos, passando pelos jogos em família para melhorar o vocabulário até à rádio para conhecer as novidades da música britânica: as sugestões são várias.

Para complementar as atividades, o British Council abriu cursos de verão que estão disponíveis em qualquer ponto do país – basta ter um computador e ligação à internet. As aulas começam em julho e as inscrições já estão abertas.

Fazer uma sessão de cinema
“A linguagem utilizada no cinema é real e encontra-se num contexto claro”, explica o British Council. Por isso, quando bem utilizada, pode ser uma óptima ferramenta de aprendizagem.

Para os mais pequenos, qualquer clássico da Disney/Pixar é boa opção – mas o British Council destaca o Divertida-Mente (Inside Out) pela “presença acentuada do vocabulário básico sobre as emoções.” Para crianças que já estão na primária pode colocar legendas – mas em inglês. Assim o exercício é tanto de audição como de leitura.

Aos mais crescidos, o British Council aconselha uma visita à Young Vic Films: o teatro britânico que também é plataforma online de curtas metragens com atores conhecidos como Jude Law ou Gillian Anderson.

Jogar ao “fui ao supermercado”
É um jogo de memória que, rapidamente, se torna num exercitar do vocabulário quando jogado noutra língua. Pode ser jogado em qualquer lugar, na praia, no campo ou na piscina, e não tem limite mínimo de jogadores –  mas quanto mais participantes tiver, mais desafiante se torna.

Funciona assim: o primeiro jogador dá o pontapé de partida dizendo “I went shopping and I got...a pineapple” – ou “fui às compras e comprei um... ananás.”

O jogador seguinte tem de repetir sempre a compra anterior e acrescentar outra. Se um jogador se esquecer ou demorar demasiado tempo a pensar é eliminado. O jogo continua até que reste apenas um jogador.

Dar um salto a Londres – sem sair de casa
Calcorrear as ruas e percorrer os grandes armazéns, do Harrods ao Selfridges, é possível – de telemóvel ou tablet na mão. Mas com a app Great Videos, do British Council, a viagem faz-se para lá da capital, rumo ao interior do Reino Unido: das paisagens do campo aos museus e teatros, passando ainda por estúdios de música, livrarias, estádios ou centros de investigação.

A aplicação é uma colectânea de pequenos vídeos para conhecer a cultura e história do país – e praticar a  língua pelo caminho.

Sintonizar a Selector Radio
A sugestão vai directamente para os jovens: a Selector Radio apresenta a melhor seleção dos novos artistas britânicos – há jazz, indie e eletrónica entre os ritmos que passam por aqui.

A rádio é uma iniciativa com parceria do British Council e pode ser ouvida online. Ali encontra-se a música mas também vídeos e entrevistas com os artistas.

Ler em família – e em inglês
“Um bom livro é como um fio condutor que une tudo e lhes permite aprender muitas coisas ao mesmo tempo”, adianta o British Council.

Aprender novas palavras no contexto concreto de um ambiente e ação, associar palavras e imagens (no caso dos livros ilustrados) e, ainda, melhorar a pronúncia com a ajuda de rimas – há vários pontos a favor da leitura em inglês.

O British Council deixa algumas sugestões: “The Tiger who Came to Tea”, de Judith Kerr, para aprender palavras relacionadas com comida e objetos de cozinha e “The Gigantic Turnip”, de Aleksei Tolstoy e Niamh Sharkey para reforçar o vocabulário de animais e legumes.

Fazer um curso online | 4-17

O British Council em Portugal já abriu inscrições para os cursos de verão online que começam em meados do mês de julho. Aprende-se inglês mas não só: se os mais pequenos têm histórias, música e artesanato para complementar a aprendizagem, os mais crescidos podem contar com atividades e desafiantes projetos em grupo.

Há diferentes opções para as várias idades e níveis: para os alunos de Early Years & Primary (dos 4 aos 7 anos), por exemplo, o curso está repartido por três semanas e consiste em cinco horas por semana mais uma hora de actividades por dia com música, jogos ou, até, artesanato.

Já para os alunos Upper Primary e Lower Secondary (dos 8 aos 12 anos) e para os do Secondary (dos 13 aos 17 anos), o curso consiste em quatro semanas: têm duas horas de aulas por dia e, ainda, atividades paralelas (como cozinha, palestras e jogos didáticos).

Uma sugestão British Council.