AINDA VOU A TEMPO DE BRINCAR… PARA APRENDER MELHOR!

EO 2021 Férias de Verão | Fonte: Pin - Centro de Desenvolvimento
  • slider

Com a chegada das férias de verão, muitas famílias preparam-se para uma das grandes mudanças na vida dos seus pequenos, a entrada da escola. Escolhem-se as mochilas, aguçam-se os lápis, plastificam-se os livros e tudo parece estar pronto.

No entanto, parece-me que, por vezes, nos esquecemos das melhores ferramentas que poderemos dar aos nossos filhos para que esta transição seja uma mudança de sucesso: experiências.

Enquanto brincam, as nossas crianças adquirem um conjunto de competências essenciais às aprendizagens escolares. O brincar desenvolve o raciocínio, a atenção, a imaginação e a criatividade. Para além disso, a brincar os nossos filhos aprendem a partilhar, a cooperar, a comunicar e a relacionar-se. Assim, quanto mais momentos de exploração multissensorial os nossos filhos tiverem, mais competências estruturais ganharão para suportar as tarefas formais que a escola proporcionará.

As estruturas que conduzem à aprendizagem da leitura e da escrita desenvolvem-se muito antes dos nossos filhos entrarem na escola. A exploração da linguagem escrita, bem como o acesso à leitura têm um impacto significativo tanto no desenvolvimento de competências pré-académicas, como nas atitudes e motivação para a leitura. Por isso, deverão ser proporcionadas experiências enriquecedoras, partindo da exploração dos materiais do quotidiano, que se traduzirão em suportes significativos para a aprendizagem formal da leitura e escrita.

Segundo este pressuposto, sugiro algumas atividades, que desenvolvem estas competências, para brincarem durante as férias de verão.

DESENHAR NA AREIA 
Aproveitem as idas à praia para fazerem desenhos na areia molhada. Poderão desenhar letras ou um mapa de um lugar imaginário que ele gostaria de explorar. Conversem sobre esse local, promovendo, assim, o alargamento do seu vocabulário. 

DRAMATIZAÇÃO DE UMA HISTÓRIA
Escolham uma história e preparem um teatro. Através da dramatização da história, lida ou contada pelo adulto, as crianças recontam a história improvisando as falas das personagens ou usando fantoches. 

PESCA DE LETRAS
Na piscina, utilize letras de espuma para pescar. Diga palavras e peça ao seu filho que vá buscar a letra inicial das mesmas (poderá escolher palavras do interesse da criança, como por exemplo, nomes de animais).

LEITURA DE HISTÓRIA
A atividade potenciadora por excelência. Não se limite a ler a história, interrompa a leitura e peça ao seu filho que preveja o que irá acontecer a seguir ou que reconte o que aconteceu até então. 

Autor:
Iolanda Anunciação - Técnica Superior de Educação