DICAS DE VIAGEM EM FAMÍLIA

EO 2016 Artigo | Fonte: Novotel
  • slider

Quando vamos de férias temos de decidir em primeiro lugar qual o destino, esta decisão vai determinar uma série de preparativos que convém não descurar.

Quanto mais cedo se tratarem das questões burocráticas e programarem todos os procedimentos, melhor se previnem contratempos desagradáveis.

Para umas férias em família tranquilas e repletas de diversão sugerimos que siga as nossas dicas de viagem:

1. Documentos

Com muitos meses de antecedência, descubra se existem formalidades especiais ou documentos necessários para cada membro da família, tais como passaporte ou Bilhete de Identidade, vistos, vacinas ou atestados médicos que possam ser obrigatórios. Se vai viajar para o exterior, anote a morada e o telefone da embaixada ou consulado no país de destino.

2. Dicas de saúde e segurança

Se viaja com um bebé entre em contato com o pediatra, pelo menos um mês antes, e tenha certeza de que ele está pronto para a viagem.
Algumas questões que deve esclarecer para evitar problemas médicos durante as suas férias são:
- Confirmar que tem todas as vacinas necessárias para o país de destino;
- Pedir conselhos sobre problemas médicos típicos ou comuns;
- Se algum membro da família possui uma condição médica séria ou crónica, obter uma cópia da receita médica;
- Inscrição no European Health Insurance Card (Cartão Europeu de Seguro Saúde). Isso possibilita tratamento médico gratuito se viajar em qualquer país da União Europeia;
- Levar um kit de primeiros socorros com medicamentos essenciais e os tratamentos habituais de toda a família, adaptando-o, se necessário, ao destino pretendido.

3. Seguro

Verifique com cuidado a apólice de seguro saúde e certifique-se de que toda a família está coberta em caso de incidentes. O ideal é obter um seguro saúde, mas também seguro de cancelamentos de voo e de perda de bagagem.

4. Aluguer de carro

A carta de condução europeia é válida em toda a União Europeia. O seguro pessoal do seu carro é válido em todos os países da União Europeia. Para outros destinos, pergunte à sua agência de seguros. Se necessário, é aconselhável fazer uma apólice temporária.

5. Viagem aérea

Os recém-nascidos devem ter pelo menos duas semanas de idade antes de viajarem de avião. Peça conselhos ao seu pediatra. Na descolagem e na aterragem, os bebés com menos de dois anos de idade devem ser segurados nos braços dos pais e devem utilizar cintos de segurança especiais. Crianças com menos de cinco anos devem ser acompanhadas em voos internacionais. É muito importante para as crianças beber bastante líquido durante o voo. É aconselhável dar aos bebés algo para beber durante as descolagens e aterragens para evitar assim a dor de ouvidos.

6. Bagagem

Ultrapassar os limites de peso de bagagem no carro leva a risco de multas e apreensão do veículo.
Se viajar de comboio, cada item da bagagem deve ter uma etiqueta com nome completo e detalhes de contato.
Se viajar de avião há restrições aplicáveis a líquidos, pastas e produtos de gel a bordo. Geralmente líquidos carregados à mão devem estar em recipientes com menos de 100 ml e colocados em sacos de plástico transparentes.
Se viajar com bebés ou crianças, existem exceções que se aplicam à comida de bebé e aos medicamentos necessários durante o voo. Todos os medicamentos devem ter uma receita médica com o seu nome completo. Faça uma pesquisa no site da companhia aérea para obter mais informações.

7. Entreter as crianças

Quer viaje de carro, comboio ou avião, é importante manter os mais pequeninos entretidos durante a viagem para evitar que fiquem impacientes e irrequietos. Livros e desenhos para colorir são uma solução prática e que geralmente diverte a maioria das crianças. Na internet encontra uma grande variedade de desenhos para colorir que poderá imprimir gratuitamente.

Siga estas dicas para garantir umas férias tranquilas, divertidas e sem stress e desfrute de bons momentos em família!


Conteúdo desenvolvido por:
Hotéis Novotel