CARAMULO ENTRE PAISAGENS E MUSEUS

EO 2017 Centro de PortugalPasseioM/0
  • slider
  • slider

A vila do Caramulo é a porta de entrada para a Serra que lhe deu o nome, e é famosa pelo seu ar fresco e saudável.

Dedique o sábado a explorar este ambiente natural e as suas paisagens de eleição. São diversos os percursos possíveis, a pé ou de automóvel. Deixamos-lhe algumas sugestões.

O Caramulinho, o ponto mais alto da serra do Caramulo, com 1075 metros de altitude, e o Cabeço da Neve, são lugares obrigatórios de onde se obtêm excelentes panorâmicas sobre a Beira Interior. A subida ao Caramulinho faz-se através de um percurso com mais de 200 degraus, mas vale a pena! Durante o trajeto  existem mesas para piqueniques, abasteça-se e utilize-as, não se esqueça de levar água.

Nas encostas da Serra pode passear por entre florestas de carvalhos, castanheiros e pinheiros, pontuados por ribeiros de água fresca e cascatas. As bonitas aldeias construídas com blocos de granito reforçam a ruralidade da paisagem. Existem ainda no Caramulo vários caminhos romanos que resistem ao passar do tempo.

O Hotel do Caramulo constitui uma excelente opção de alojamento, permitindo-lhe permanecer inserido neste fantástico enquadramento repleto de tranquilidade (se possível opte por um quarto com vista para o vale). O Restaurante do Hotel, "O País", é uma boa opção, tanto à la carte como em buffet, e além disso apresenta um "kids Menu". Depois de um dia repleto de exercício físico, a piscina interior e o SPA constituem um bálsamo para o corpo e a alma.

Para domingo fica a sugestão de um programa mais cultural. Uma visita ao Museu do Caramulo (que fica mesmo em frente ao Hotel), aqui encontra coleções  bem diferentes mas todas elas muito interessantes. A coleção  de Automóveis, Motociclos e Velocípedes antigos é aquela que chama mais a atenção e que ficará gravada na memória dos mais pequenos. Aqui encontra mais de 100 veículos ("antepassados" dos nossos automóveis) em excelente estado de conservação, sendo o mais antigo um Benz de 1886. Apresenta ainda outras viaturas famosas, protagonistas de acontecimentos importantes da história de Portugal. Tem ainda à sua disposição mais duas coleções , uma de arte e outra de brinquedos antigos. O Museu demonstra grande preocupação pelos visitantes que se deslocam em família, propondo o desafio: "São bons observadores?" que permite tornar a visita num momento atrativo  e instrutivo através do preenchimento de uma ficha de exploração das exposições.

Antes de voltar a casa, não deixe de visitar a aldeia de Molelos e a sua típica loiça preta cozida em covas cavadas no solo. Aí está uma boa recordação deste fim de semana  em cheio!