UM MUNDO DE BRINCAR EM PONTE DE LIMA

EO 2016 Porto e NorteMuseu
  • slider
  • slider

Em Ponte de Lima há uma novidade, o Museu do Brinquedo que nos leva às brincadeiras dos nossos pais, avós e bisavôs.

Um passeio a Ponte de Lima é inesquecível, pois estamos numa das mais bonitas povoações do país. Faça os seus filhos viajarem pelo tempo. Logo à entrada da vila, ao atravessar a velha ponte romana, diga-lhes que por ali também passavam os centuriões de Roma que mantinham a paz de Augusto. Faça como eles e atravesse a ponte para apreciar uma povoação que mais parece um conto de histórias antigas, com muitos solares e casas apalaçadas cheias de brasões.

Mas a grande novidade desta vila é, agora, o novo Museu do Brinquedo.

São mais de dois mil brinquedos de fabrico nacional que estão à espera da nossa visita.  Alguns do tempo dos avós e bisavós. Desde as bonecas em pasta de papel aos piões, do jogo dos carimbos e até uma das primeiras edições do Monopólio.

A viagem começa num comboio de zinco, que nos leva a conhecer a história de alguns dos mais importantes fabricantes nacionais de brinquedos. Por décadas, vamos conhecendo como os brinquedos foram modificando-se. Depois de verem as flautas de folha de Flandres ou os baldinhos de praia em madeira com motivos coloridos, as casas de bonecas e os canhões de folha, a surpresa está na cidade em miniatura, onde tudo tem vida e se mexe. É uma enorme maqueta que fará sonhar qualquer criança.

Depois de tanta animação, o melhor é mesmo almoçar numa esplanada e visitar o Jardim Botânico da vila que vale bem a pena.

Depois, à tarde, outra opção muito interessante: o Museu Rural de Ponte de Lima. Trata-se de um local onde ficamos a conhecer quatro espaços extraordinários: a tulha, com exposição sobre o linho e exposições temporárias de pintura, a cozinha, com forno e lareira, a adega, com lagar e tonéis e outros utensílios relativos ao vinho e, finalmente, o celeiro, com exposição de alfaias agrícolas, sobretudo ligadas ao milho. Este museu é uma maravilha, uma verdadeira aula ao vivo sobre o modo como se vivia no campo.

E assim se passou o dia em Ponte de Lima.