PROPOSTAS GULBENKIAN PARA UM SEGUNDO PERÍODO EM GRANDE

EO 2022 LisboaAtividades
  • slider
  • slider

O segundo período já começou! As escolas de todo o país voltaram a abrir as suas portas para acolher alunos e professores num novo ano. A Fundação Calouste Gulbenkian também está pronta para os receber com muitas e variadas atividades.

Com o objetivo de ajudar as escolas na adaptação aos desafios que vão surgindo, a Fundação Calouste Gulbenkian aposta em três tipos de atividades: presenciais, além-portas e digitais. Mas, para este segundo período, as escolas estão convidadas para uma visita presencial, com a maior segurança.

A oferta diverge entre visitas ao Museu Gulbenkian, visitas musicais, oficinas de fotografia no Jardim e visitas à nova exposição temporária Europa Oxalá.

Para os professores, recomendam-se os vários cursos presenciais que exploram a natureza, o ar livre, o ambiente e o diário gráfico ─ O Caderno como ferramenta exploratória e Aula no Jardim. Como também, um workshop online que irá ajudar os professores a beneficiar dos recursos educativos digitais da Gulbenkian ─ Arte na sala de aula.

As atividades para escolas podem ser agendadas através do preenchimento do formulário online.

ESCOLAS E ALUNOS

VIAGENS EXTRAORDINÁRIAS | PRÉ-ESCOLAR
Visita-jogo, Museu Calouste Gulbenkian
Vamos de viagem. O que levamos na bagagem? Olhos atentos à Arte, que ela está por toda a parte. Qualquer ida a um museu é uma viagem extraordinária de descoberta. E quando esta viagem se faz pela primeira vez, tudo parece novo e ainda mais estimulante, deixando memórias fortes e inesquecíveis. Esta visita-jogo pelo Museu Gulbenkian, feita de mala na mão, passa por muitos países e precisa de um passaporte especial, onde todos têm uma palavra a registar!
Preço: 1,5€
jan. a jun., 2.ª, 4.ª, 5.ª, 6.ª: 10.10h-17.30h

LUZ E SOMBRA - IMPRESSÕES BOTÂNICAS | A PARTIR DO 1.º CICLO
Oficina de processos alternativos de fotografia, Jardim Calouste Gulbenkian
Quando a fotografia foi inventada, no século XIX, foi explorada a sensibilidade à luz de inúmeras substâncias, entre as quais folhas, flores e raízes de plantas. Além disso, as plantas também têm propriedades químicas que permitem, através de um processo simples, criar um revelador fotográfico. Nesta oficina, inspirados pela biodiversidade do Jardim da Gulbenkian, os participantes vão experimentar imprimir fotografias de plantas usando as suas propriedades fitoquímicas. Será trabalhada uma de duas técnicas — a fitografia ou a antotipia, de acordo com as condições de radiação solar — a combinar com o professor.
Preço: 2,5€
Obs.: Oficina sujeita às condições atmosféricas, para garantir um nível de radiação UV adequado.
jan. a jun., 2.ª a 6.ª: 10.30h-15.30h

MUSEU CALOUSTE GULBENKIAN: VISITA À MEDIDA | A PARTIR DO 2.º CICLO
Visita, Museu Calouste Gulbenkian
A Coleção do Museu Calouste Gulbenkian abrange territórios e épocas diversas e reflete múltiplos e variados aspetos da experiência humana. A história, a arte, a filosofia, a literatura, a análise social, a cidadania e a ciência, no Ocidente e no Oriente, estão espelhadas ao longo da coleção.  Assim, os professores e educadores que desejem trabalhar um tema ou pedagogia específicos podem solicitar uma visita à medida. Estas visitas, realizadas com consulta prévia do professor, são realizáveis desde que os temas se integrem no âmbito da Coleção do Museu, e que os princípios orientadores da observação, interpretação crítica e debate sejam aplicáveis.
Preço: 2€
Obs.: Requer marcação prévia com a coordenadora de programação escolar e reunião com os professores responsáveis.
jan. a jun., 2.ª, 4.ª, 5.ª, 6.ª: 10.10h-17.30h

OUVIDOS PENSANTES | 1.º E 2.º CICLOS
Visita musical, Edifício Sede - Sala Michel Corboz
Será que ouvimos tão bem como pensamos? Esta é a pergunta a que se tenta responder ao longo desta visita musical. Os participantes vão apurar a escuta, descobrindo os sons e a música que estão à sua volta e de que não se apercebem. Serão vários os desafios sonoros e musicais que terão de superar para se tornarem verdadeiros «ouvidos pensantes».
Preço: 2,5€
jan. a jun., 4.ª: 10h

EUROPA OXALÁ | A PARTIR DO 2.º CICLO
Visita orientada, Edifício Sede - Galeria Principal
A exposição Europa Oxalá apresenta obras de vinte e um artistas europeus cujas origens familiares se situam nas antigas colónias em África. Estes artistas-produtores, nascidos e criados num contexto pós-colonial, propõem, neste projeto, uma reflexão sobre as suas heranças, as suas memórias e as suas identidades.
Os seus pais e avós nasceram e viveram no Congo, em Angola, no Benim, na Argélia e em Madagáscar. Dos seus antepassados, estes artistas herdaram memórias que lhes chegam de forma difusa no seio da família e de grupos de amigos e que não são só vozes, sons e gestos, mas também imagens e recordações das suas culturas de origem, pontos de partida para um importante trabalho de investigação nos arquivos históricos, familiares ou institucionais. As suas produções artísticas alimentam uma reflexão original sobre o racismo, a descolonização das artes, o estatuto da mulher na sociedade contemporânea, ou ainda a desconstrução do pensamento colonial.
O carácter inovador e transnacional do trabalho destes artistas da «pós-memória» tem vindo a marcar profundamente a paisagem artística e cultural das últimas duas décadas, e a maneira como alguns deles conjugam linguagens contemporâneas e processos tradicionais constitui um contributo essencial para a Europa contemporânea. Através das suas obras, Europa Oxalá testemunha o poder criativo da diversidade cultural europeia contemporânea, abrindo novas perspetivas à própria noção de Europa.
Preço: 1,5€
3 mar. a 22 ago., 2.ª, 4.ª, 5.ª, 6.ª: 10.10h-17.30h
Obs.: Estas visitas podem ser enquadradas na disciplina de Educação para a Cidadania.

PROFESSORES

Ciclo de cursos teórico-práticos, Edifício Sede - Sala 1
Um dos melhores locais para se explorar novas soluções gráficas, criativas, ousadas e… sem compromisso é exatamente o caderno. Promovendo a liberdade máxima de registo, um caderno pode tornar-se um diário — o famoso diário gráfico. Neste ciclo composto por três sessões distintas, a decorrerem no Jardim Gulbenkian e dedicado a professores e pessoas de qualquer idade e formação profissional, serão propostos exercícios que abram novas possibilidades visuais e despertem a vontade de continuar a desenhar e a pensar dentro do caderno. As três sessões são independentes.
Preço: 30€/sessão
6, 27 fev., 13 mar.: 15h-18h

Sessão 1 - O jardim em desenho e texto
Nesta primeira sessão os participantes vão desconstruir a ideia de que um diário gráfico é um caderno com desenhos. O papel do texto torna-se fundamental para ampliar aquilo que um desenho consegue dar. Por outro lado, o desenho chega a territórios e imaginários que as palavras ainda não inventaram. Conciliando os dois, explora-se o Jardim Gulbenkian de modos surpreendentes.
6 fev.

Sessão 2 - O jardim em particular e no geral
A capacidade de ver ao longe e ao perto será o tema de inspiração para esta sessão. Focados sobretudo na relação de escala entre as árvores de grande porte do Jardim Gulbenkian e as pequenas espécies rasteiras que as rodeiam, serão feitos vários desenhos e apontamentos escritos acerca dessa relação de improvável convivência harmoniosa.
27 fev.

Sessão 3 - No jardim, Fernando Pessoa habita o caderno
E se o proprietário do nosso caderno fosse Alberto Caeiro? Que espaços percorria no Jardim Gulbenkian e onde deteria o olhar? Nesta sessão os participantes vão compreender um pouco das características de Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro, e deixar que sejam eles a conduzir o olhar e o registo no caderno.
Obs.: Grande parte do curdo acontece no jardim, independentemente das condições atmosféricas. Os participantes devem levar vestuário e calçado adequados.
13 mar.

Curso teórico-prático, Edifício Sede - Sala 2
A familiaridade das crianças com o mundo natural traz benefícios a muitos níveis, do educacional ao bem-estar físico e emocional. Sabemos que através da experiência, e do entusiasmo que dela brota, se consolidam aprendizagens, e que com o despertar dos sentidos e o aguçar da curiosidade é possível estimular o desenvolvimento psicológico, social, interpessoal e estético. Neste curso, que se inscreve numa filosofia de aprendizagem em contacto com a natureza e com o espaço exterior, propõe-se a exploração de estratégias práticas que levam o ensino e a aprendizagem para fora da sala de aula. Tendo como ponto de partida alguns conteúdos curriculares do 1.º e do 2.º ciclos, leva-se a matemática, o português e as ciências ao encontro da arte, numa exploração direta ao ar livre. A natureza e os seus elementos tornam-se assim ferramenta e laboratório para a aquisição de conhecimentos de uma forma lúdica, criativa e experimentalista.
Preço: 60€
19 fev., 26 mar.: 10h-13h, 14.30-17.30, 27 mar.: 10h-13h
Obs.: Grande parte do curso acontece no Jardim, independentemente das condições atmosféricas. Os participantes devem levar vestuário e calçado adequados.

Workshops online, Plataforma de Videoconferência
Nos últimos meses, os museus têm criado inúmeros materiais para apoio na sala de aula, e os museus da Fundação Calouste Gulbenkian não são exceção. Neste breve workshop, conhecem-se alguns destes recursos e explora-se o potencial da educação artística na abordagem de inúmeros conteúdos em sala de aula, para diferentes disciplinas e ciclos de ensino. Na Gulbenkian acredita-se que o trabalho com e a partir de obras de arte é enriquecedor e propiciador de pensamento crítico e criativo. Assim, nesta curta sessão procura ajudar a ampliar recursos, ferramentas e estratégias pedagógicas na sala de aula, partindo da experiência de trabalho com as obras de arte e dos materiais de apoio ao professor criados desde 2020.
Preço: 10€
26 fev., 2 abr.: 10h-12.30h

Mais informações aqui.