23 DOS MELHORES DITADOS POPULARES PARA ENSINAR ÀS CRIANÇAS

EO 2021 Jogos em Casa
  • slider

Todos já ouvimos aquelas frases feitas que qualquer português compreende, mas que quando traduzidas para outras línguas não significam nada. Os avós sabem-nas aos pontapés e nós continuamos a repercuti-las durante gerações. Relembre algumas e, com sorte, aprenda outras.

Já no “tempo da Maria Cachucha” que por entre terras lusas se ouviam expressões como “não vai ser pera doce” ou “ouro sobre azul”. A verdade é que este tipo de recursos linguísticos permite brincar com as palavras e fazer algumas piadas pelo meio.

Chame os miúdos e comece já a ensinar as expressões mais portuguesas do português (caso isso exista) ou, pelo menos, verdadeiras frases de mestre dentro da linguagem popular. Agora o problema vai ser explicá-las.

DITADOS POPULARES

1 - Em terra de cego quem tem olho é rei;
Quando alguém não sabe aproveitar alguma oportunidade e outra pessoa consegue e fica bem.

2 - Águas passadas não movem moinhos;
Algo que ficou no passado e tem de ser ultrapassado.

3 - Quem tem pressa come cru;
Quando algo é feito à pressa e sai mal ou inacabado.

4 - Filhos criados, trabalhos dobrados;
Quando os filhos já são adultos, mas continuam a dar trabalho.

5 - Em casa de ferreiro espeto de pau;
Quando uma pessoa hábil em determinada coisa, não usa essa habilidade na sua casa ou a seu proveito.

6 - O que não tem solução, solucionado está;

7 - Março, marçagão, manhãs de inverno e tardes de verão;
Para definir o tempo no mês de março.

8 - À grande e à francesa;
Algo com pompa ou feito abundantemente.

9 - Résvés Campo de Ourique;
Significa por um triz; à justa.

10 - Como sardinhas em lata;
Pessoas apertadas num espaço fechado.

11 – Ficar em águas de bacalhau;
Algo que se atrasa, demora ou não chega a acontecer.

12 - Ter ouvidos de tísico;
Alguém com muita capacidade auditiva.

13 – Primeiro estranha-se, depois entranha-se;
Algo que à primeira é difícil de gostar, mas com o tempo passamos a gostar.

14 - Como as obras de Santa Engrácia;
Algo que demora muito a ficar acabado/a acontecer.

15 - Rebeubéu pardais ao ninho;
Barulho/desordem.

16 – É trigo limpo farinha Amparo;
Algo fácil e simples.

17 – Ficar a ver navios;
Ficar desiludido ou ser enganado.

18 – Dar a volta ao bilhar grande;
Serve para pedir a alguém que não o chateie ou que vá embora.

19 – Ter as favas contadas;
Ter algo dado como certo.

20 – Não é grande espingarda;
Não é muito bom.

21 – Coisas do arco da velha;
Coisas antigas/de antigamente.

22 – Puxar a brasa à nossa sardinha;
Fazer ou dizer algo a nosso favor.

23 - É um pau de dois bicos.
Significa fazer um jogo duplo ou para descrever algo com dois lados - um bom e um mau.