TEIA 19 COM SALINHA PARA CRIANÇAS

EO 2020 Espetáculos OnlineOnline
  • slider

A Teia 19 criou um palco online para os muitos artistas que viram os seus eventos cancelados. Atualmente o projeto conta com uma salinha para crianças, com a curadoria da Estrelas & Ouriços. Além de Filminhos e contos encenados, há novos espetáculos e muito mais por vir.

Um grupo de voluntários organizou a plataforma Teia 19 com o objetivo de proporcionar a colaboração e a entreajuda entre artistas de múltiplas áreas — criação artística e técnica — e produtores culturais, para a criação de formatos específicos, com vista a fazer face à quebra de rendimentos provocada pela covid-19.

André Gago é um dos elementos do grupo, que reúne várias pessoas que de alguma maneira estão ligadas às artes – criação artística e técnica – e que com a criação de formatos específicos têm como objetivo levar a arte a casa das pessoas e fazer face à quebra de rendimentos.

O projeto começou no início do mês, 7 de abril, com um recital que faz parte da iniciativa mensal “As primas terças” que incide sobre os poemas de Amália. E continua com agenda cheia!

TEIA 19 PARA CRIANÇAS

A 1 de junho, o projeto deu um grande passo e abre uma salinha para crianças, com programação adequada a este target, numa curadoria da Estrelas & Ouriços. Em estreia, os primeiros a atuar foram os Filminhos Infantis, da Zero em Comportamento com Filminhos para bebés (1 aos 3 anos), e a Lua Cheia – Teatro para todos, com o conto encenado “Joana está na Lua”.

Mas as novidades não param de chegar e o público infanto-juvenil têm mais oferta a chegar.

A Teia19 continua a apostar também na programação infanto-juvenil, com mais duas estreias iminentes: “Renascimento – Inovação e Arte!”, da Associação Danças com História, e “MaisMar”, de Amélia Bentes, disponível a partir do dia 22 de junho.

A peça de teatro “Renascimento – Inovação e Arte!” dá a conhecer  a época do Renascimento com as Danças com História.

Situado entre a 2.ª metade do séc. XIV e os finais do séc. XVI, em Portugal, este período manifesta-se mais tarde adquirindo uma feição própria — o Maneirismo. Entre nas cortes e veja como naquela época o Renascimento foi marcado por importantes mudanças no pensamento sociocultural, refletidos na economia, política e religião.

MaisMar”, de Amélia Bentes, é um espetáculo de dança contemporânea pensada para um público jovem, funcionando como um manifesto que alerta para o excesso do plástico e as suas consequências para o planeta e animais marinhos.

A agenda para o público mais velho cresce todas as semanas. Acompanhe tudo aqui.

PORQUÊ TEIA?

Areté (do grego ἀρετή) é uma palavra de origem grega que expressa o conceito grego de excelência, ligado à noção de cumprimento do propósito ou da função a que o indivíduo se destina. Na Grécia Antiga, areté significava também a coragem e a força de enfrentar todas as adversidades.

Daí surgiu o nome de trabalho ARETEIA: a ideia foi a de criar uma plataforma informal de criação de conteúdos artísticos para disponibilização na web, apelando aos donativos do público.

A página não gere nem recebe qualquer donativo uma vez que cabe a cada artista indicar o meio para que este seja feito diretamente. Todos os donativos são encaminhados diretamente para os artistas. Estes devem partilhar o seu MbWay ou o método de pagamento que preferem usar.