DESAFIO PASSO-A-PASSO COM A GULBENKIAN: DANÇA DE GESTOS MÍNIMOS

EO 2021 Atividades Lúdicas e PedagógicasOnline
slider

O Museu Calouste Gulbenkian e o Centro de Arte Moderna convidam miúdos e graúdos a dançar as suas coleções. Para isso, a mediadora Susana Quaresma construiu um desafio de dança de gestos mínimos para fazer em casa.

Para participar neste desafio, deve seguir os passos da Susana e construir uma coreografia inspirada nos gestos das muitas personagens que habitam as obras do Museu Calouste Gulbenkian e do Centro de Arte Moderna.

No final, pode dar um nome à dança, tirar fotografias, fazer um vídeo ou mesmo um desenho, partilhar com quem gosta e, claro, partilhar com a Gulbenkian usando as hastags #gulbenkian #desafio #passoapasso.

Para o desafio precisa de alguns materiais, como:
– Folha de papel;
Ficha de apoio (opcional);
– Impressora (para imprimir ficha de apoio);
– Lápis ou caneta;
– Dado;
– Telemóvel ou máquina fotográfica.

Escolher seis imagens
Primeiro tem de escolher seis obras e enumera-las de 1 a 6. Para isso, pode utilizar a ficha de apoio ou escrever um número, junto do título de cada obra numa folha de papel. Olhe com atenção e identifica os gestos das personagens que habitam estas obras. Repara na posição das mãos, da cabeça e do corpo.

Lançar o dado para criar uma sequência aleatória
Depois, deve lançar o dado seis vezes (ou mais) e o algarismo que sair deverá ser registado por ordem na ficha de apoio, numa folha de papel ou mesmo no telemóvel. Se a mesma obra sair mais do que uma vez, não faz mal! A dança muitas vezes é feita de repetições.

Dançar uma sequência de gestos
Em seguida, pode escolher uma música para dançar esta sequência ou então dança-la em silêncio, só com o som da respiração.

Registar e partilhar!
No final, partilhe com quem mais gosta e com o Museu Calouste Gulbenkian usando #gulbenkian #desafio #passoapasso.

Saiba mais no site do museu e fique a par de mais novidades.

Mais Gulbenkian:
Gulbenkian pelo ecrã mas com muito para ensinar;
Gulbenkian lado a lado com os professores. Conheça os novos recursos.

Fotografia: Filipe Ferreira