TRABALHO REMOTO: COMO GERIR COM CRIANÇAS EM CASA

EO 2020 Trabalhar em Casa
  • slider

Trabalhar em casa com crianças pequenas pode parecer um bicho de sete cabeças, mas também um verdadeiro privilégio, se planear e organizar bem o seu trabalho de forma a que venha a render o máximo.

Com as novas mudanças e adaptações devido ao COVID-19 é cada vez mais importante reconhecer a necessidade de aprender a trabalhar em casa com as companhias mais animadas de sempre – as crianças.

Vai precisar de montar o seu escritório no local mais adequado, encontrar tempo para trabalhar, aliar-se a uma equipa de apoio, descobrir com quem os seus filhos podem ficar em algumas situações excecionais (se conseguir), procurar um equilíbrio para a sua sanidade mental (mãe e pai sãos, crianças felizes) e também saber lidar com as interrupções – que serão inevitáveis.

Passo a passo vamos tentar ajudá-lo neste novo desafio diário:

Montar o escritório
Tenha um espaço próprio para trabalhar e evite trabalhar no sofá ou na cama.

1. Olhe ao redor da sua casa para descobrir qual o local mais adequado e adapte este espaço já existente.
2. Invista no básico: uma cadeira confortável (pode ser colocar uma almofada nas costas), boa iluminação, uma mesa, gavetas para organizar os seus papéis (não corra riscos com os seus artistas), estantes ou armários para armazenar material e um bom acesso à Internet.
3. O ideal é ter um lugar fixo, onde não precise de tirar e pôr as suas coisas, diariamente.

Estratégias para adaptar o tempo
Haja fôlego e muito animo para dar conta de tudo: ter filhos pequenos e trabalhar em casa não é uma tarefa fácil, por isso é importante que crie rotinas e adapte o seu tempo às crianças e ao trabalho.

1. Faça a cama logo de manhã, tome um banho e vista uma roupa adequada como se estivesse a ir para o trabalho, o excesso de conforto pode levar à procrastinação;
2. Siga o horário do local de trabalho e aproveite o tempo em que as crianças estão a dormir para produzir mais, ficando assim com mais tempo livre;
3. Faça por uns dias, um pequeno diário da sua rotina. Corte um pouco o tempo da televisão, Internet, da conversa com as amigas, do scroll nas redes sociais;
4. Estabeleça prioridades de trabalho, num papel ou num documento eletrónico e vá riscando de acordo com o término de cada tarefa, isso vai ajudá-lo a organizar a distribuição do seu tempo;
5. Para manter as crianças ocupadas, procure estabelecer algumas atividades diárias para os mais pequenos, como uma leitura, ver televisão, um filme educativo e outras atividades lúdicas e pedagógicas que eles consigam realizar (de forma independente ou com a ajuda dos irmãos mais crescidos), num determina tempo, sendo este um desafio a cumprir;
6. Se é daquelas pessoas que fica mais ativa à noite, tente encontrar algumas tarefas para fazer depois dos seus filhos estarem a dormir, trabalhos como redação, revisão ou tradução de textos;
7. Não trabalhe cada minuto que tiver livre em casa, é importante permitir-se fazer pausas para descansar e distrair-se;
8. Se o seu companheiro (a) estiver em casa, ou outra pessoa que o possa ajudar, aproveite para pedir ajuda.

Saiba como lidar com as interrupções
É praticamente impossível trabalhar a partir de casa e não se distrair com as crianças, as tarefas domésticas, os entretenimentos e as conversas com os amigos. Minimize as distrações:

1. Leve o seu trabalho a sério, e os outros também o farão; diga não às distrações e aos convites dentro de casa para uma pausa desnecessária;
2. Seja realista a respeito das horas que pretende trabalhar, mas estabeleça objetivos semanais ou diários para que consiga medir a sua produtividade. Se um dia não conseguir trabalhar tanto por causa dos seus filhos requererem mais atenção, ou estarem doentes, procure compensar no dia seguinte;
3. A vantagem de trabalhar em casa é justamente a flexibilidade, por isso, se um dia da semana não rendeu tanto por causa das interrupções, não se culpe, mas procure reorganizar os outros dias para terminar as suas tarefas. Peça ajuda ao seu companheiro ou familiar para conseguir cumprir prazos, da mesma forma que faria se estivesse no local de trabalho.

Equipa de Apoio
Para trabalhar em casa vai precisar de todo apoio do seu companheiro (a) e familiares.

1. É bem mais fácil conseguir ajuda de uma pessoa da família se fizer um pedido específico, em vez de dizer coisas vagas como – “seria muito bom se um dia desses pudesse ajudar-me com o bebé, ou ficar um tempinho com ele”;
2. Retribua favores e prontifique-se para ajudar os outros quando puder;
3. Nunca se esqueça de agradecer, especialmente a familiares e amigos por tudo o que fizerem.

Procure manter o equilíbrio
Tente organizar-se para que as tarefas domésticas ou a alimentação da família não ocupem todo o seu tempo.

1. Tente limitar a limpeza da casa e as tarefas específicas a cada dia, e lembre-se de que certas coisas são fundamentais e outras podem esperar;
2. Procure deixar a casa relativamente arrumada (sem brinquedos espalhados pela sala, por exemplo), todos os dias, assim livra-se daquela sensação de estar a viver numa desorganização total e não precisa de fazer uma limpeza profunda, todos os dias;
3. Divida as tarefas entre os membros da família, mesmo as crianças mais pequenas, todos podem ajudar;
4. Planeie as refeições com antecedência, pode fazer uma lista do que comer em cada dia da semana ou até do mês, use o frigorífico com inteligência e, quando cozinhar, faça uma grande quantidade para que dê para dois dias.

Termine o dia com a sensação de dever cumprido!