APOIO À VIDA

EO 2020 Instituição
  • slider

O Apoio à Vida é uma instituição que nasceu há 20 anos com o intuito de ajudar qualquer grávida com dúvidas e em dificuldade.

Entre várias estruturas de resposta, a instituição tem uma linha telefónica gratuita, 24 horas, todos os dias do ano, sempre atendida por uma das nossas psicólogas ou assistentes sociais.

Estão sempre disponíveis para ouvir ou ir ao encontro de qualquer mulher, esteja ela segura, ou não, da sua gravidez.

A Equipa de Apoio conta com oito profissionais: quatro psicólogas, três assistentes sociais e uma técnica de inserção profissional com as seguintes áreas de atuação:

Centros de Atendimento - um em Lisboa (Alcântara), outro em Vila Franca de Xira (Alverca), em parceria com a Câmara Municipal local;
Casa de acolhimento temporário - Casa de Santa Isabel em Lisboa onde já nasceram 126 bebés;
Departamento de inserção profissional - extensível a todas as nossas áreas e a todo o agregado familiar das mulheres que nos procuram;
Escola de formação profissional - Escola de Talentos em Miraflores que já capacitou mulheres;
Acompanhamento domiciliário - Projeto Famílias em Casa, com uma forte componente de promoção de competências parentais;
Prevenção e sensibilização - Projeto "1+1, Achas que tens a escola toda?", que já impactou mais de 8 mil jovens.

Acompanhamento contínuo
Aqui encontra um acompanhamento contínuo a cada grávida, que pode abranger os demais membros do seu agregado familiar.

A instituição acompanha cerca de 370 famílias por ano, com apoio social, psicológico, bens, atendimentos individuais ou sessões de formação em grupo, além de capacitação profissional e apoio na procura de trabalho e obtenção de emprego.

O objetivo é a autonomização de cada Mãe e família, ajudando-as a traçarem e perseguirem o seu projeto de vida.

Apoio à Vida conta com apoios públicos que cobrem cerca de 30% das necessidades, e também é graças a empresas, escolas e pessoas individuais que conseguem avançar com o trabalho.

Só assim podem acompanhar cada grávida que nos procura e dar-lhes apoio quando, sozinhas, não conseguem assegurar o nascimento e a educação dos seus filhos.

Mais informações: Site