HERÓIS DE TODA A ESPÉCIE

EO 2018 Ambiente | Apoio: Ren
  • slider

Há algumas espécies que estão a ser ameaçadas e é preciso protegê-las. Conhece-os e fica a saber todas as características e curiosidades!

LOBO IBÉRICO
O Lobo Ibérico é uma das subespécies de lobos existentes em todo o mundo. Tem este nome porque vive nas zonas mais altas de Portugal e Espanha. Os lobos fazem parte da família dos cães, mas são maiores e mais pesados. No estado selvagem, os lobos vivem em alcateias de 3 a 10 indivíduos, constituídos por um casal dominante e pela sua descendência. Em Portugal, são conhecidas entre 45 a 65 alcateias.

Descobre mais aqui sobre a alimentação, o habitat, a vida em alcateia e as ameaças a esta espécie.

AZINHEIRA
A azinheira é uma árvore muito conhecida em Portugal, que se pode encontrar sobretudo no Sul do país, pelo que também é chamada árvore do Sul. É uma árvore muito apreciada para abrigo pela fauna, como por exemplo aves, répteis e mamíferos, e por isso desempenha uma função muito importante na manutenção da biodiversidade. Além disso, produz um fruto - a bolota - que serve de alimento a vários animais, selvagens e domésticos.

Descobre mais aqui sobre as suas características, os usos e costumes, o habitat e as ameaças à azinheira.

ÁGUIA DE BONELLI
É uma ave de médio a grande porte, com população estimada entre 128 e 150 casais em Portugal. É uma ave de rapina que, no estado adulto, apresenta asas castanho-escuras ou pretas e o peito branco sarapintado de castanho. Também é conhecida por águia-perdigueira porque uma das suas principais presas é a perdiz.

Descobre mais aqui sobre a sua alimentação, o habitat, a vida em casal e as ameaças a esta espécie.

MEDRONHEIRO
É uma espécie vegetal de folha persistente que dura todo o ano. É considerado um arbusto ou uma pequena árvore e pode chegar a medir 12 metros de altura, apesar da maioria das vezes não ultrapassar os 5 metros. O seu tronco e ramos têm um tom avermelhado e escamoso. Os seus frutos são vermelhos e muito apetecíveis, tanto pelas pessoas como pela fauna envolvente. Quando estão muito maduros, os frutos contêm vestígios de álcool.

Descobre mais aqui sobre o seu habitat, o ecossistema e as ameaças ao medronheiro.

Com o apoio: REN