ARCA DE NOÉ: LINCE IBÉRICO

EO 2019 Com o Apoio: Jardim Zoológico
  • slider

O Lince-ibérico é uma espécie endémica da Península Ibérica e depende do seu habitat, o bosque mediterrânico. É um felino de tamanho médio, com corpo musculado e membros longos.

Este animal tem o focinho salpicado de pelos escuros e as patilhas são tanto maiores quanto mais idade o animal tiver. Os pelos eretos em forma de pincel na ponta de cada orelha e a cauda curta, e negra na extremidade, também o distinguem. É uma espécie solitária de comportamento esquivo e hábitos crepusculares e noturnos. De dia, esconde-se na vegetação ou em ramos de árvores.

Caça sobretudo à noite. Os coelhos-bravos, a principal presa, são caçados com uma mordida na base do crânio e os pequenos cervídeos por sufocação com uma ou mais mordidas na garganta. O lince prefere zonas de vegetação densa e arbustiva e a presença de árvores como o carvalho e a azinheira, evitando o pinheiro e eucalipto. Está no topo da cadeia alimentar e é essencial para o equilíbrio do ecossistema Mediterrânico. Contribui para a existência de populações saudáveis de coelho-bravo e para o controlo natural de outros predadores, como raposas e sacarrabos.

Saiba mais características deste animal aqui.

Mais informações: Site