BRINCAR, APRENDER E DESCANSAR EM ALCOBAÇA

EO 2017 Centro de PortugalPasseio
slider

São poucas as cidades em Portugal onde a história, a cultura, a brincadeira e o lazer podem estar tão presentes num passeio de fim de semana, em família.

Em Alcobaça é assim, por isso vale bem a pena lá ir!

1 Para que o fim de semana corra em crescendo, quer em boa disposição quer em brincadeira e aprendizagem, a melhor opção é começar logo o dia com a visita ao Parque dos Monges, localizado na Quinta das Freiras. Trata-se de um parque ambiental e também cultural, cheio de atrações e que promete deixar a criançada feliz para todo o tempo do passeio.

2 Na verdade, a visita a este parque é um momento constante onde a brincadeira se alia à descoberta da História, nomeadamente como viviam os monges da Ordem de Cister. O local está cheio de simbolismo já que foi aqui que os monges marcaram a sua presença em terras de Alcobaça e foi também o local onde as tropas portuguesas montaram o acampamento para recuperar as forças e festejarem a vitória sobre os castelhanos na Batalha de Aljubarrota. Ambiente histórico, como veem, não falta. Mas há muito mais. Nem vão acreditar! Por exemplo, um jardim bíblico, um fluviário, uma aldeia medieval e até um bosque encantado, um lugar de fantasia, cheio de mistério e à espera de ser descoberto pela família. A aldeia medieval é um doce; lá vão poder ver e participar nos mais diversos ofícios medievais, como o do Ferreiro, o do Armeiro, que criava as cotas de malha, e ver o Ciclo da Lã ou, ainda, assistir a um combate de esgrima, para não falar das Danças Medievais. No Parque há, também, um museu de doces conventuais que guarda um segredo que só lá nos é revelado.

3 O dia passa-se lindamente neste Parque e para quem não leva piquenique, há um restaurante com refeições simpáticas e adequadas ao gosto dos mais pequenos. Satisfeitos e bem alimentados, não dá para perder alguns dos espetáculos que decorrem durante o dia. Os rapazes não vão querer perder o Torneio Medieval, com cavalos a sério. Não se esqueçam que ainda há hipótese de fazer canoagem, slide, escalada ou tiro com arco. Os graus de dificuldade de cada atividade são diretamente proporcionais às idades dos visitantes.

4 Ou seja, tem tudo para dar certo. Com um dia tão preenchido e tão divertido, o melhor é ir descansar para ganhar forças para o dia seguinte. Querem uma sugestão para um fim de dia de sonho? Fiquem no Challet Fonte Nova, a escassos 200 metros do Mosteiro de Alcobaça.

5 Domingo de manhã, é a melhor altura de visitar, então, o Mosteiro de Alcobaça. Está na altura de mostrar às crianças um dos monumentosa mais bonitos de Portugal. Depois de terem entrado no dia anterior no espírito medieval, o Mosteiro é a concretização real desses tempos. Será, também, o momento para lhes contar a história de amor de Pedro e Inês quando visitarem os seus lindíssimos túmulos. A não perder, a cozinha, claro. Para além da chaminé e das enormes mesas de pedra. Mostre-lhes como o rio Alcoa passa por dentro da cozinha e os frades pescavam diretamente para a panela o peixe fresco. Espertos, não?

6 E já que estamos a falar de frescos e comida, que tal terminar o fim de semana em cheio na Granja Abbatiale. Trata-se de uma quinta em Valado dos Frades, perto de Alcobaça, local único para mostrar às crianças como é que funciona uma quinta e como é a vida numa quinta. Ver ao pé como são os ciclos da granja e da natureza. Na quinta pedagógica mostra-se às crianças, e não só, as melhores práticas agrícolas. Todos experimentam sabores, vivenciam experiências do campo e divertem-se todos. Imperdível, uma olhadela na Coudelaria Abbatiale, um espaço onde é feita a criação de cavalos puro-sangue Lusitano. Mas também há o burro e as cabras, o perú e os patos. Não se esqueçam de passar pela capoeira e levar ovos caseiros para casa. É uma das surpresas da Granja, um verdadeiro self-service de produtos produzidos na quinta.

Uma excelente aula de meio físico, fácil de entender e não esquecer, tal como o fim de semana passado em Alcobaça.