VIRIATO DE PATINS

EO 2016 Centro de PortugalPatrimónio e Museu
  • slider

Todos sabem que Viseu foi terra de Viriato e dos lusitanos… hoje não há muitos vestígios desses tempos mas há uma cidade cheia de pontos de interesse para passar um dia bem passado.

Comece pela zona histórica. Os turistas têm agora a subida da colina facilitada por um moderno funicular, a viagem é agradável e dá para ir conhecendo o casario antigo da cidade. Chegados ao cimo, duas visitas são obrigatórias, a Sé e o Museu Grão-Vasco onde estão peças de valor incalculável, em particular da pintura portuguesa, nomeadamente os famosos retábulos renascentistas do mestre Vasco Fernandes.

A Sé, igualmente bonita, remonta ao reinado de D. Afonso Henriques. No largo, mesmo em frente, a Igreja da Misericórdia é outro monumento a não perder, bem como o seu museu.

Já na rua, vale a pena passear a pé pelas vielas de Viseu até à zona do Rossio. No labirinto das ruas há lindíssimas fachadas para ver, algumas remontam à Idade Média, outras são verdadeiras jóias dos séculos XVI a XVIII, para não falar das janelas manuelinas.

A seguir ao almoço, e para descontrair um pouco, o jardim do Fontelo é um espaço muito agradável para passear pelo seu elegante traçado de caminhos de sebes de buxo. O parque tem jardim infantil e uma pista de patinagem.

Viseu é uma cidade moderna, com um centro comercial que vale a pena conhecer: o Palácio do Gelo. O seu interior é muito original e dispõe de uma pista de gelo permanente que promete um fim de tarde divertido… haja perícia e capacidade para rir dos trambolhões.

Ao jantar, e antes de dizer adeus à cidade, no conhecido restaurante Cortiço ou na Muralha da Sé, os pratos tradicionais da região são uma opção de muito bom gosto e que nos deixam saudades para um dia voltar a Viseu.