UMA QUINTINHA EM MONSERRATE

EO 2011 Parque
  • slider
  • slider

Uma visita à quinta é como uma viagem ao passado, ao tempo em que não havia máquinas de lavar roupa, nem fogões elétricos.

Numa zona de paisagem extraordinariamente bonita, Monserrate mais parece um conto de fadas. O Parque e o Palácio são duas joias da serra de Sintra mas agora há, felizmente, mais uma razão para visitar tão agradável paisagem a escassos 3 quilómetros do Centro Histórico da Vila de Sintra: a Quinta Pedagógica de Monserrate. É um local onde se recria de forma admirável o que há de mais tradicional e de pitoresco na região saloia.

Uma visita à quinta é como uma viagem ao passado, ao tempo em que não havia máquinas de lavar roupa, nem fogões elétricos. Um tempo em que o pão  era feito em casa e os legumes cultivados na horta ao lado de casa, os ovos eram apanhados na capoeira e o sabão era feito com a gordura dos animais misturada com as cinzas do borralho.

Pois é precisamente tudo isso que a visita a esta quinta do século XIX nos vai proporcionar e de uma forma super divertida, já que na nossa viagem ao mundo rural vamos ter por companhia alegres campónios, vestidos  a rigor, que nos ajudam a fazer coisas que muitos nunca imaginaram fazer. Inesquecível vai ser fazer o pão. Amassar bem, pôr o chouriço e levar a massa ao forno. Há dias, na quintinha, que a cozinha enche-se dos cheiros e sabores da terra para a confeção dos bolinhos, bolachas, biscoitos e compotas mais famosos da serra. Açúcar, carinho, farinha, ternura, fruta e muito amor são os ingredientes das receitas especiais que a Dª. Bina vai partilhar com todos. Também será necessário tratar da decoração e rotulagem dos pacotinhos e frasquinhos onde serão guardadas estas iguarias.

Uma surpresa, também, é a lavagem da roupa nos tanques de pedra com água fria e sabão artesanal. É um bocadinho mais difícil do que pôr a roupa suja na máquina de lavar mas bem mais divertido, vão ver.

Na capoeira, é uma emoção ver os ovos postos pelas galinhas e na horta, plantar uma alface, será um experiência para não esquecer.

A quinta tem também muitos animais. Há um cercado para cavalos, burros e ovelhas e ainda uma coelheira. Com sorte, haverá uma ninhada de coelhinhos bem fofos para pegar.

Ninguém irá esquecer este passeio a Monserrate, tal o número de coisas novas que fez. No regresso a casa, e se ainda houver tempo, vale a pena dar uma vista de olhos ao Parque e ao Palácio e já na vila, passar pela “Piriquita” e deliciarmo-nos com um travesseiro acabadinho de fazer ou com uma queijada deliciosa.


Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico