UM PASSEIO POR CASTELO BRANCO

EO 2018 Centro de PortugalPasseio0€
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider

ATIVIDADE GRÁTIS

É no centro de Portugal que se pode encontrar este município e distrito repleto de História. Castelo Branco nasceu no lugar de vestígios arqueológicos pré-romanos. No início do século XII existia uma povoação no cimo da Colina da Cardosa, onde se situa o castelo, que ditou a construção da vila.

O Castelo, construído entre 1214 e 1230, foi uma obra dos templários. Por isso, este monumento é também conhecido como o “Castelo dos Templários”. No reinado de D. Afonso IV, construiu-se a cerca da vila, uma muralha e um conjunto de torres que rodeava a vila. O Castelo sofreu bastantes danos causados por diferentes guerras como a Guerra da Restauração da Independência, em 1648, e a Guerra Peninsular.

Por este motivo, os elementos originais que subsistem são poucos. No entanto, ainda é possível percorrer algumas muralhas, subir ao torreão romântico ou passar pelo arco que dividia o pátio do palácio do pátio de acesso público.

Depois de se deliciar com a vista sobre a Cidade, desça a escadaria coberta de árvores, flores e vegetação que tornam este lugar tão mágico. No final da caminhada, quase no centro da vila, está o parque da cidade que é ideal para um passeio descontraído, para um piquenique ou para as crianças brincarem um pouco.

O Bordado é outro dos ex-libris da cidade. Para que todos os visitantes possam perceber de onde vem o linho, como se extrai a matéria, quais as técnicas de bordado e todo o enquadramento histórico e simbologia, o Centro de Interpretação do Bordado abre portas a crianças e a adultos sem qualquer custo.

Antes de sair de Castelo Branco, atreva-se a passar por baixo da ponte que liga o Parque da Cidade ao Jardim do Paço Episcopal, mas em silêncio! Dizem os albicastrenses que se alguém passar por lá a falar, tem sete anos de azar.

Saiba mais sobre Castelo Branco e explore ainda mais espaços museológicos, praças e jardins, numa viagem a 360º.