ALCOBAÇA E BATALHA: DUAS VISITAS OBRIGATÓRIAS EM FAMÍLIA

EO 2017 Região de LisboaPatrimónioM/0
  • slider
  • slider

Dois dos mais importantes monumentos portugueses, onde, tanto a visita como o passeio pela zona envolvente, valem mesmo a pena!

Há quanto tempo não visita os Mosteiros de Alcobaça e da Batalha? Provavelmente desde o tempo da escola primária. São dois dos mais importantes monumentos portugueses e, tanto a visita como o passeio pela zona envolvente, valem mesmo a pena!

Apanhe a A8 em direção a Leiria e saia em Alcobaça, a viagem, desde Lisboa, demora cerca de uma hora e um quarto. Reserve a parte da manhã para a visita ao Mosteiro de Alcobaça e aproveite a oportunidade para conhecer, e dar a conhecer, um pouco da História de Portugal. Este Monumento constitui um dos mais emblemáticos exemplares da Ordem de "Cister" em Portugal e na Europa.

A imponência da Igreja é esmagadora. Destaque as interessantes soluções que os monges encontraram para o melhor funcionamento da cozinha, desde logo a condução de um braço de rio até ao centro desta divisão, e a possibilidade de esta ser inundada para lavagem. A sala dos Monges onde estes dormiam, em esteiras seguidas, e de como acordavam de três em três horas, é outro aspecto interessante que com certeza será retido pelos mais novos. Mas aquilo que ficará, sem dúvida na sua memória, é a história de amor vivida entre D. Pedro e Inês de Castro, cujos túmulos se encontram na nave central da Igreja. Estes constituem duas obras-primas onde está inscrita esta bonita história apesar do triste final. Prepare-se antes da visita, pois as perguntas dos mais pequenos vão ser muitas.

Na sala do Capítulo o "contratenor", Luís Peças, presenteia-nos com canto de excelente qualidade, potenciado pela acústica do espaço, ideal para acalmar "crianças agitadas".

Já cá fora, o Rossio de Alcobaça é um espaço muito simpático com esplanadas viradas para o Mosteiro. Se quiser almoçar por ali, o Restaurante "António Padeiro" serve pratos regionais de grande qualidade e tem umas entradas originais e deliciosas. Se ainda tiver um bocadinho de tempo, a Nazaré, a poucos kilómetros dali, poderá ser uma boa opção para toda a família se deliciar com um peixe grelhado com o enquadramento, sempre agradável, do mar.

Da parte da tarde, siga para a Batalha onde aguarda o Convento de Santa Maria da Vitória, mais conhecido por Mosteiro da Batalha. Classificado pela UNESCO como Património Mundial e considerado uma das sete maravilhas de Portugal, este mosteiro nasce do voto feito por D. João I a Santa Maria da Vitória, face ao sucesso sobre as tropas castelhanas, na batalha de Aljubarrota. Trata-se do mais acabado exemplo do gótico em Portugal.

Salientamos as Capelas Imperfeitas, de rara beleza e com milhares de esculturas incrustadas, pois constituem o exemplo mais forte da arte manuelina e o túmulo do soldado desconhecido, na sala do Capítulo, que irá fascinar os mais novos.

Para além da visita obrigatória ao interior, se puder, não perca o espetáculo da iluminação nocturna do Mosteiro da Batalha, que realça a sua exuberante beleza e confere à pedra rendilhada uma expressão de magnificência que não irá esquecer.