A CIDADE DOS MIL MUSEUS

EO 2017 Centro de PortugalMuseus
  • slider
  • slider
  • slider

CONDIÇÕES ESPECIAIS
ESTRELAS e OURIÇOS

50% Desconto (Museu do Hospital)

Apresente esta página
Imprimir

Apresente esta página impressa para obter o desconto

Não serão mil, mas são muitos e super interessantes. Nas Caldas da Rainha a escolha é tanta, tão boa e tão diversificada que é impossível não passar lá um magnífico dia em família.

As Caldas da Rainha justificam bem várias visitas mas fique com o roteiro dos museus e organize o seu passeio. E, nada melhor do que começá-lo por ir, logo pela manhã, à Praça da República, conhecida popularmente como "Praça da Fruta". É como se fosse um museu vivo, praticamente inalterável desde o final do século XIX. No adro enorme da feira há uma verdadeira explosão de cor, com os produtos frescos do dia a serem regateados com o cliente. Estamos muito longe dos supermercados ou das grandes superfícies. Para os mais pequenos será uma novidade, um passeio educativo e uma verdadeira aventura deambular pelos corredores dos vendedores.

Não muito longe da feira fica o Museu do Hospital das Caldas. Dá para ir a pé, o que permite ir desfrutando da beleza de algumas fachadas de casas antigas da cidade. O museu é pequeno, mas muito bonito e cheio de interesse. Os mais pequenos vão gostar, principalmente, dos instrumentos médicos e científicos do séc. XX. A não perder, a sala das inalações e a reconstituição da enfermaria.

Continuando a pé, mais à frente, aparece-nos do lado esquerdo, a Casa Museu de S. Rafael, instalada no antigo ateliê de trabalho de Rafael Bordalo Pinheiro. Fundado em 1884, o museu contém peças produzidas no decorrer dos anos na famosa fábrica de cerâmica do artista. Para as crianças, a loiça de Bordalo, principalmente os bichos e os legumes, serão motivo de muita curiosidade.

Um pouco mais adiante encontre o Museu da Cerâmica – localizado num palacete romântico muito bonito e delicie-se com a sua coleção de cerâmica que abrange o século XVI ao XX.

A hora de almoço não é problema nas Caldas. Não faltam locais agradáveis e algumas propostas mais modernas para petiscar os bons sabores portugueses. A seguir ao repasto, nada como ir até ao lindíssimo e relaxante jardim central, o Parque D. Carlos I, um verdadeiro pulmão verde na cidade. Árvores, canteiros e um lindíssimo lago transportam toda a família para um ambiente descontraído de verdadeiro passeio.

No interior do Parque visite um dos mais emblemáticos museus das Caldas: o Museu José Malhoa. Nele pode-se descobrir o maior núcleo de obras de Malhoa e uma importante coleção de pintura e de escultura dos séculos XIX e XX.

Também há um Museu do Ciclismo nas Caldas da Rainha. Lá dentro está a história do ciclismo em Portugal que poucos conhecem. Os seus filhos vão adorar, por exemplo, o primeiro selo emitido no mundo com uma bicicleta desportiva e um tandem de três lugares que, ao contrário do habitual, ambos os guiadores podem curvar. Outra das preciosidades presente no museu são os últimos sapatos de competição usados por Joaquim Agostinho e uma coleção de belíssimas bicicletas antigas.

Como vê não faltam razões de peso para, de quando em vez, fazer um passeio às Caldas das Rainha. Já sabe que no regresso tem que levar para casa pelo menos um dos afamados doces da cidade, sejam as Cavacas das Caldas, os Beijinhos, as trouxa de ovos, as Lampreias de ovos ou o pão de ló do Landal.