VAMOS À CASA DA MALTA

EO 2018 Porto e NorteMuseu
  • slider

Um dia destes pegue nas crianças e diga-lhes que vão visitar a Casa da Malta.

Sem levantar a ponta do véu e perante o seu ar incrédulo, siga até São Pedro da Cova, em Gondomar. À chegada, a surpresa será total. Numa antiga casa que servia de alojamento aos mineiros oriundos de outras localidades, os "malteses", está instalado o Museu Mineiro, ou melhor, a "Casa da Malta".

O edifício pertencia à Companhia das Minas de Carvão e depois de reconstruído tornou-se numa espaço para uma visita inesquecível ao mundo pesado dos mineiros. Esse mundo de trabalho no subsolo é descoberto através de maquetas, reprodução de velhas fotografias e antigos instrumentos e utensílios utilizados na exploração das minas.

Os mais pequenos, pouco habituados a ver este tipo de espólio, vão adorar mas quando chegarem à reconstituição de uma galeria com vagonetes e de um compartimento da antiga “Casa da Malta”, aí vão levar para casa uma imagem bem real do que era antigamente trabalhar numa mina de carvão. O museu tem, também, expostas amostras minerais e fósseis,  documentos e fotografias dos processos e dos trabalhadores das minas. Também descobrem a “zorra” o carro-eléctrico utilizado no transporte de carvão, e as “andorinhas”, as gigantescas roldanas metálicas que se encontravam na parte superior da torre do poço da mina. Mas o museu tem muitas mais surpresas. Telefone primeiro e combine algumas actividades extras, por exemplo: “O Regresso ao Passado”, uma fotografia dos visitantes vestidos à época. Há também jogos com carvão ou a construção de um Gasómetro ou de uma Zorra a partir de caixas de cartão.

Não é um programa aliciante?