UM MUSEU NA PRAIA DA AGUDA

EO 2019 Porto e NorteMuseu
  • slider
  • slider

A Aguda é uma pequena vila de pescadores mesmo ao lado do Porto. De ruas estreitas, está virada para o oceano, um mar que nas férias tanto aproveitámos mas que tão pouco conhecemos.

E não está na altura de sabermos mais sobre essa imensa riqueza que está mesmo ao lado de Portugal? Na Aguda há um museu que é ao mesmo tempo um Aquário e um museu das pescas. O sítio ideal para uma visita que se adivinha bem divertida e interessante.

A Estação Litoral da Aguda tem como face mais visível o Aquário, com quinze tanques, onde mais de mil animais de cerca de sessenta espécies representam a fauna e a flora aquáticas da zona, capturados com a ajuda dos pescadores locais. É uma exposição em que cada aquário representa uma pequena parte da costa. O percurso inicia-se na zona entre marés, mergulha até aos 25 metros de profundidade e regressa a terra entrando num pequeno ribeiro de água doce que atravessa as dunas. Os habitats são tão realistas que parece mesmo que estamos em pleno mar!

Depois de nos deliciarmos com os aquários, é a vez de conhecer o Museu das Pescas. Ali, entre apetrechos das artes tradicionais da pesca artesanal descobrimos as memórias da faina e do quotidiano do povo da Aguda, sendo possível compará-los com equipamentos e utensílios da pesca artesanal de outros países e de várias épocas, reunidos na Europa, África, América, Ásia e Austrália. São peças únicas e valiosas como anzóis feitos de madeira, carapaça de tartaruga, madrepérola, osso de baleia e até de osso humano, aço e ouro, passando por armadilhas e redes fabricadas artesanalmente.

E com tanto que vimos quem sabe se nas próximas férias não vamos dar mais importância ao mar sempre que entrarmos nele para mais um mergulho.