ALGAR DO PENA: UMA DESCIDA ÀS PROFUNDEZAS DE SANTARÉM

EO 2019 AlcanedePasseio3ª a Dom.4,20€
  • slider

Conheça a gruta do Algar do Pena, no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, em Santarém, onde vai poder observar uma magnífica paisagem subterrânea.

Nas profundezas do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros situa-se a gruta do Algar do Pena, considerada a maior sala subterrânea do País.

A cerca de 50 metros de profundidade, é possível admirar uma enorme profusão de espeleotemas de formas variadas e invulgares, nas proximidades do Centro de Interpretação, onde pode observar uma jazida com várias pistas de pegadas de terópodes (dinossauros carnívoros) e pelo menos duas pistas de saurópodes (dinossauros herbívoros).

O Algar do Pena foi descoberto, em 1985, por Joaquim Pena, na sequência de trabalhos de desmonte de uma pedreira de calçada, no lugar de Vale do Mar, freguesia de Alcanede, concelho de Santarém.

Esta gruta é detentora de uma magnífica paisagem subterrânea da qual faz parte a maior sala deste tipo conhecida, atualmente, em Portugal (125.000 m3 de volume).

Do cimo de perto de 40 metros de desnível abre-se ao olhar de quem a visita uma magnífica paisagem subterrânea cujo aspeto estético assume uma dimensão pouco vulgar, através de uma enorme profusão de espeleotemas. Aliando aos aspetos paisagísticos o interesse didático e pedagógico da cavidade, neste importante e singular testemunho do património espeleológico nacional foi criado o primeiro Centro de Interpretação Subterrâneo do País.

Acessível ao público mediante marcação prévia (dispõe de um edifício de apoio técnico, elevador, auditório ao ar livre e de um espeleódromo), representa uma experiência única de descida às profundidades, aliando a importância científica a aspetos didáticos e turísticos de elevado interesse.

Aproveite e descubra os vários pontos de interesse espalhados pelo Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.

Obs.: As visitas estão disponíveis todos os dias, excepto às terças-feiras, num horário a combinar com os visitantes.