PARQUE DOS MONGES

EO 2017 AlcobaçaVisita e Atividades2ª a Dom.: 10h-18hM/06€ / 10€
  • slider
  • slider
  • slider

CONDIÇÕES ESPECIAIS
ESTRELAS e OURIÇOS

50% Desconto Bilhete Criança na Compra Bilhete Adulto

Apresente esta página
Imprimir

Apresente esta página impressa para obter o desconto

Parque é constituído por um conjunto de equipamentos que pretendem recriar a forma de viver dos monges da Ordem de Cister, ideal para uma visita em família!

Localizado na Quinta das Freiras, em Alcobaça, este Parque é constituído por um conjunto de equipamentos que pretendem recriar a forma de viver dos monges da Ordem de Cister, uma ordem monástica católica fixada em Portugal desde o século XII. A sua presença ficou notabilizada pelo estilo arquitetónico dos mosteiros edificados nas regiões centro e norte.

A Quinta das Freiras constitui uma das áreas mais visíveis da presença monástica, pois foi aqui que os monges se instalaram inicialmente.

Valências do Parque dos Monges:

Refeitório dos Monges

Este espaço explora a temática gastronómica conventual, imbuída do espírito medieval e monástico, respeitando as tradições, iguarias, decoração e serviços da época.

Museu dos doces conventuais

Este espaço recria a vivência diária dos monges nas respetivas celas e corredores do Mosteiro, com especial destaque para a Doçaria Conventual, o qual será instalado na área atualmente ocupada com o celeiro, o estábulo e o palheiro da quinta.

Centro de Artes Vivas

Espaço onde se pretende recriar a vivência monástica e também das populações em geral, em termos da sua vida quotidiana. Os visitantes farão um percurso, ao longo dos vários espaços de vivências monásticas, através dos quais ficarão a conhecer um pouco do quotidiano dos monges de Cister, desde as cópias de livros, as orações, os cânticos e os labores, a botica, até ao fabrico artesanal de pão, bolos, olaria, cestaria, tecelagem, de cerveja, de vinhos, ginja e outros licores monásticos.

Desta componente fará também parte a azenha e celeiro anexo existente na casa da quinta, recentemente recuperada, para demonstração do Circuito do Pão, com início na sementeira dos cereais - trigo, milho, cevada e centeio – colheita, conservação, moagem e fabrico do pão no forno tradicional existente neste local.

Está também presente uma área de demonstração dessas mesmas atividades ao vivo, podendo os visitantes participar na feitura de algumas das peças, em conjunto com os artesãos que aí estarão, permanentemente trajados à época, funcionando esta zona como um museu vivo e interativo.

Jardim Bíblico

Neste jardim podem encontra-se árvores, arbustos e plantas mencionadas nos livros que constituem a Bíblia, com especial destaque para a Árvore do Bem e do Mal, associada à famosa história do Adão e Eva, bem como da maça, fruto este muito abundante na região de Alcobaça.

Ecoteca

Espaço destinado à aprendizagem por meio de imagens, leitura e jogos interativos sobre os temas do ambiente, fauna e flora, da conservação da natureza e dos recursos naturais existentes no Ecoparque e da história agrícola desta quinta nos tempos em que era explorada pelos Monges de Cister.

Sala de meios audiovisuais

Neste espaço o público pode assistir à projeção de filmes  sobre acontecimentos históricos e culturais, visando a sensibilização e educação ambiental e da conservação da natureza.

Fluviário Mãe-d’Água, Paúl e Lontrário

Ecoaquário construído ao ar livre no seio da Natureza, contíguo ao espaço ocupado com a Arca de Noé, visando apelar e sensibilizar o turista para a importância da qualidade da água para as mais diversas formas de vida no planeta. Este espaço é utilizado para a exposição de peixes e anfíbios em contexto real e natural, podendo os mesmos serem alimentados pelos próprios visitantes.

No fluviário, serão também exibidas lontras autóctones da espécie lutra lutra, destacando-se o seu caráter afável e sociável, sendo certamente um dos principais pontos de atração do parque.

Parque de Animação Ambiental

O parque de animação ambiental que é o palco das mais diversas atividades, assegurando uma função claramente lúdico-pedagógica, focando temas relacionados como a história de Portugal e com medidas sustentáveis da ocupação dos solos agrícolas dos Coutos de Alcobaça, numa perspetiva interativa.

A área do lago é ainda adaptável para atividades de animação diversas, tais como: passeios e corridas de jangadas e canoas, caça ao tesouro, orientação, rapel, escalada, slide, tiro ao alvo, team building, pesca simulada e espetáculos.

A área reservada da Arena Cultural (zona de prado relvado) está destinada à realização de atividades ao ar livre, espetáculos de música e teatro e jogos tradicionais.

Obs.: Existe bilhete família (2 adultos + 2 crianças dos 3 aos 11 anos).