CIDADÃO NOBRE NAS ESCOLAS

EO 2017 Projeto de Responsabilidade Social
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider
  • slider

Num gesto de reconhecimento, a Nobre Casa de Cidadania pretende identificar e distinguir cidadãos que se notabilizam pela realização de Atos Nobres: ser grande em pequenas coisas. O projeto vai às escolas.

"Um Ato Nobre é uma ação realizada em benefício de terceiros, ausente de qualquer interesse pessoal, refletindo o carácter de quem a pratica ao demonstrar integridade, honra e humanidade.” (Nobre Casa de Cidadania, 2013)

Ao reconhecer estes atos, a Nobre Casa de Cidadania (NCC), uma iniciativa da Nobre Alimentação, pretende torná-los numa inspiração para transmitir às atuais e novas gerações o verdadeiro valor e significado de Nobreza.

Qualquer cidadão, em qualquer altura do ano, pode apresentar uma proposta de homenagem, desde que o mesmo não seja o autor do ato praticado e que preencha um formulário para o efeito. A Nobre Casa de Cidadania só considera válidas as propostas apresentadas por terceiros.

Cabe ao Conselho Institucional verificar a elegibilidade, autenticidade e veracidade das propostas, sendo o título de Cidadão Nobre atribuído anualmente numa cerimónia pública

Cidadão Nobre nas Escolas

Com o objetivo de promover a cidadania junto dos mais jovens, a Nobre Casa de Cidadania desenvolve, desde 2015, o projeto Cidadão Nobre nas Escolas, que junta no mesmo espaço um membro do Conselho Institucional e um Cidadão Nobre.

Na Sebenta dos Atos Nobres encontram-se propósitos como: "respeito todas as pessoas e trato todos de forma igual"; "cuido de mim e de todas as pessoas, animais e natureza à minha volta"; "partilho o que tenho, pode ser só um sorriso ou um abraço"; "não faço aos outros o que não gosto que me façam a mim".

Proponha um Ato Nobre!

Se conhece cidadãos de nacionalidade portuguesa ou cidadãos estrangeiros residentes em Portugal que tenham praticado um Ato Nobre, faça a sua proposta para ser reconhecido pela Nobre Casa de Cidadania.

Porque os Atos Nobres merecem ser reconhecidos!

Mais informações em: Site